Intercâmbios

INTERCÂMBIOS NACIONAIS

 

Em 2017, a meta de valorizar a pesquisa e a troca de experiência como fatores determinantes para a qualidade do ensino continuou sendo perseguida pelo PPG-AU/UFBA por meio de seus Grupos de Pesquisa e Laboratórios, registrando-se uma expressiva atividade em colaboração com instituições de ensino superior e pesquisa de reconhecida excelência no Brasil. Destacam-se, no âmbito desta prática, os seguintes intercâmbios:

 

Centro de Referência e Informação em Habitação (InfoHAB)

Projeto vinculado a uma rede nacional pensada e implementada para aprimorar os mecanismos de sistematização e socialização da informação na área do ambiente construído. Liderado pela Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído (ANTAC), foi concebido em resposta a uma Chamada Pública do Programa de Tecnologia de Habitação (Habitare), financiado pela FINEP e iniciado como uma biblioteca digital, voltada para a divulgação da produção científica atinente ao tema. O InfoHAB se tornou, em seguida, um Centro de Referência e Informação em Habitação, oferecendo produtos e serviços que servem de apoio a todas as etapas do processo/ciclo de geração do conhecimento, abrangendo discussão entre pesquisadores, divulgação de chamadas de trabalhos, divulgação de realização de eventos, gestão do processo de avaliação de eventos e de periódicos e divulgação dos resultados de pesquisas realizadas na biblioteca digital que servirão de insumo para novas pesquisas. O LabHabitar – PPGAU/FAUFBA integra a rede desde 2000 com ênfase nas pesquisas bibliográficas sobre arquitetura e urbanismo. Coordenação Geral: Prof. Dr. Claudio Alcides Jacoski (UFSC). Coordenação do Núcleo Salvador: Profa. Dra. Ângela Gordilho Souza (LabHabitar-PPGAU-FAUFBA).

 

Tecnologias da Informação e Comunicação aplicadas à construção de habitações de interesse social (2010 – 2014)

Rede de pesquisa que integra sete universidades visando ao desenvolvimento de soluções inovadoras em tecnologia da informação e comunicação aplicadas à construção e à arquitetura, visando à melhoria da qualidade e produtividade do segmento da habitação de interesse social, com destaque para a tecnologia Building Information Modeling (BIM), além de outras soluções para suporte ao processo de gerenciamento de projetos, simulação de desempenho e operacionalização de edificações. A rede envolve as seguintes instituições: Universidade de São Paulo – USP (líder); Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP; Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM); Universidade Federal do Paraná - UFPR; Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS; Universidade Federal do Ceará – UFB, e Universidade Federal da Bahia – UFBA. Integram esta rede os Professores Arivaldo Leão Amorim e Gilberto Corso Pereira.

 

Rede BIM - Building Information Modeling.

Rede colaborativa de programas de pós-graduação envolvendo as seguintes instituições: Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Federal do Paraná (UFPR), como instituição líder. Visa à realização de estudos, pesquisas, ensino, disseminação e desenvolvimento de conceitos e tecnologias relacionadas aos aspectos da integração e da interoperabilidade de sistemas no setor da Construção Civil. A abordagem é centrada na modelagem e representação multidimensional da informação no ciclo de vida das edificações e norteada pelos modelos de produto para edificações (BIM - Building Information Modeling). Coordenação no PPG-AU/UFBA - Prof. Dr. Arivaldo Amorim.

 

Projeto “Cidadão em Rede: de consumidor a produtor de informação sobre o território”

Intercâmbio amparado pelo Protocolo de Cooperação Tecnológica, firmado pela Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia - PRODEB, pela UFBA e pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), tem por objetivo caracterizar o uso de mídias sociais na produção de conhecimento em rede sobre o território, com vistas a promover a participação pública em eventos e ações sobre o território envolvendo mapeamento colaborativo. Este intercâmbio objetiva, ainda, levantar e conhecer as possibilidades e condições de aplicação de teorias e técnicas de análise de redes sociais on-line; levantar as aplicações de mídias sociais que veiculem conhecimento sobre o território; definir requisitos para interfaces de produção de conhecimento sobre o território de modo colaborativo, via Internet. No PPG-AU/UFBA o projeto é desenvolvido pelo Laboratório de Estudos Avançados em Cidade, Arquitetura e Tecnologias Digitais (LCAD), integrado à Linha de Pesquisa “Linguagem, Informação e Representação do Espaço”, com coordenação do Prof. Dr. Gilberto Corso Pereira.

 

Metrópoles na Atualidade Brasileira: a Região Metropolitana de Salvador.

Rede local de pesquisa desenvolvida por grupo de pesquisadores de universidades baianas, tem como objetivo a consolidação e o avanço de linha de estudos sobre a questão metropolitana e sobre as suas especificidades na Região Metropolitana de Salvador (RMS), propondo-se analisar: i) a nova conformação demográfica ocupacional e social das regiões metropolitanas, comparando-se a realidade de Salvador com a de outras metrópoles brasileiras e ibero-americanas; ii) as transformações do espaço urbano e dos padrões de segregação; iii) a dinâmica mais recente do mercado imobiliário e os novos padrões de provisão de habitação; iv) a multiplicação de equipamentos de grande impacto na dinâmica e imagem metropolitana; v) a expansão do mercado imobiliário ligado ao turismo e seus impactos sobre as metrópoles nordestinas; vi) o crescimento da violência e os problemas ambientais da RMS. Os estudos são desenvolvidos a partir de três eixos de pesquisa: Eixo I – Transformações Metropolitanas; Eixo II - Intervenções e grandes projetos na produção do espaço metropolitano; Eixo III – Metropolização Turística e suas Grandes Questões no Nordeste Brasileiro. Proponente: UFBA, por meio do Centro de Estudos e Pesquisas em Humanidades (CRH), LabHabitar e LCAD, com apoio da Universidade Católica de Salvador (UCSAL). Coordenação do Eixo I: Prof. Dr. Gilberto Corso Pereira (LCAD-PPG-AU/UFBA). Coordenação do Eixo II: Ângela Gordilho Souza (LabHabitar-PPG-AU/UFBA).

 

 

INTERCÂMBIOS INTERNACIONAIS

 

O quadro docente do PPG-AU/UFBA manteve, em 2017, diversas atividades de colaboração e coprodução intelectual com várias instituições internacionais. A notória excelência do programa em pesquisa e o seu reconhecimento como um dos centros mais importantes do país nas suas áreas de concentração (‘Conservação e Restauro’ e ‘Urbanismo’) se expressa também no desenvolvimento de programas e projetos de intercâmbio de âmbito internacional, bem como de atividades conjuntas de pesquisa e produção bibliográfica com instituições europeias e latino-americanas. Em 2017, tiveram continuidade os seguintes programas e projetos de intercâmbio:

 

Diálogos Metropolitanos Lima-Salvador

Projeto de Cooperação e de Pesquisa entre a Universidade Federal da Bahia -UFBA (FAUFBA/PPGAU) e a Pontificia Universidad Católica del Perú - PUCP (Facultad de Arquitetura y Urbanismo), proposto em 2014 pelo Prof. Marco Aurélio Andrade de Filgueiras Gomes, reúne pesquisadores de ambas instituições e tem por objetivo aproximar e estudar processos urbanos contemporâneos em ambos os países, através de olhares e perspectivas diferenciadas. O primeiro produto foi o livro Diálogos Metropolitanos Lima-Salvador, organizado pelo Prof. Marco Aurélio Gomes e pelo Prof. Wiley Ludeña Urquizo, publicado em 2015 pela EDUFBA. O projeto decorre de um convênio bilateral entre as duas universidades, sendo coordenado atualmente pelo Prof. José Carlos Huapaya Espinoza (UFBA) e o Prof. Wiley Ludeña Urquizo (PUCP). Prevê quatro anos de trabalhos em conjunto e a possibilidade de intercâmbio de alunos de graduação e pós-graduação, além da publicação de livros.

 

Programa Attilio: urbanismo, competências, territórios:

Rede internacional voltada para a cooperação e o intercâmbio de informações no campo da formação em urbanismo e em planejamento urbano, bem como do planejamento de cidades e territórios. Envolve universidades brasileiras e francesas, bem como associações de pesquisa e ensino da França e do Brasil. Fazem parte da rede a Faculdade de Arquitetura da UFBA e o PPG-AU/UFBA, a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana MacKenzie, de São Paulo; a atual École d’Urbanisme de Paris (antigo Institut d’Urbanisme de Paris), da Université de Paris-Est – Marne la Vallée; a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR), Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (ANPARQ) e a Association pour la Promotion de l’Enseignement et de la Recherche en Aménagement et Urbanisme (APERAU). Um dos principais instrumentos de intercâmbio e integração das instituições participantes do programa são os Seminários Internacionais Diálogos França-Brasil, cuja quarta edição foi realizada na FAUFBA em 2016. Outros seminários dessa série já foram realizados no Brasil e na França, de modo alternado, estando o próximo programado para 2018 na cidade francesa de Tours. A Coordenadora do Comitê Diretivo desse programa de intercâmbio pelo PPG-AU/UFBA é a Profa. Dra. Ana Fernandes.

 

 

Réseau International Ambiences

Rede que abarca pesquisadores brasileiros (do Laboratório Urbano do PPG-AU/UFBA, do Laboratório de Estudos Urbanos da UNICAMP e do Laboratório Arquitetura, Subjetividade e Cultural da UFRJ) e laboratórios e pesquisadores da França, Itália, Inglaterra, Dinamarca e do Canadá, vinculados, respectivamente, à École Nationale Supérieure d’Architecture de Grenoble e Nantes; ao Laboratorio di Simulazione Urbana de Milão; ao Manchester Architecture Research Centre; ao Centre for Strategic Urban Research de Aarhus e ao Groupe de Recherche sur les Ambiences Physiques de Quebec. O projeto realizado no âmbito dessa rede no período em foco foi financiado pelo GDRI - Groupement de Recherche International, do CNRS - Centre National de Recherche Scientifique (França) e focaliza o domínio da sensibilidade nas maneiras de pensar e conceber o espaço habitado.

 

 

Réseu LIEU - Logiques identités espaces urbanités

O objetivo científico dessa rede é reaprender a descrever o mundo, escavando cuidadosamente, como fazem os arqueólogos, o sentido que certas palavras e discursos adquiriram, como base para o compartilhamento e o trabalho interdisciplinar sobre o espaço urbano. A rede está sediada no Laboratoire d’Architecture/Anthropologie (LAA), do Centre National de Recherche Scientifique (CNRS), da França, e envolve pesquisadores da École Nationale Superièure d’Architecture Paris-La Villete; da École de Géographie de Paris, da Université Paris-Ouest, Nanterre-La Défense; da Università de Urbino Carlo Bo e da Università de Verona, na Itália. Integra esta rede a Professora Paola Berenstein Jacques, do PPG-AU/UFBA.

 

 

Rede PHI – Patrimônio Histórico-Cultural Iberoamericano:

Rede sediada desde 2011 na Universidad Politecnica de Madrid, congrega, além das Faculdades de Arquitetura da UFBA, do PPG-AU/UFBA e da Universidade Federal de Minas Gerais, a Universidad Nacional del Litoral da Argentina, a Universidad de Valparaiso do Chile, a Universidad Pontificia Javieriana da Colômbia, a Universidad Autonoma de Mexico, a Pontificia Universidad Catolica del Peru e a Universidade de Coimbra. Destina-se ao desenvolvimento de um sistema de informação em escala global, envolvendo cursos de graduação e pós-graduação, que promova um melhor conhecimento do valor estratégico do patrimônio para os países envolvidos, assim como uma gestão mais eficiente dessa herança comum e um melhor ordenamento do espaço habitado. Em 2015, foi realizado pela FAUFBA e pelo PPG-AU, o primeiro Seminário da Rede PHI no Brasil. O Prof. Dr. Rodrigo Espinha Baeta representa a FAUFBA, o MP-CECRE e o PPG-AU/UFBA nesta rede, que tem ainda como docentes integrantes os Profs. Drs. Nivaldo Vieira Andrade Júnior, Naia Alban Suarez, Marcia Sant’Anna e Paulo Ormindo de Azevedo, professor colaborador do MP-CECRE. Em 2017, os dois últimos professores participaram do Seminário Internacional da rede, realizado em Zamora, Espanha, com apresentação do trabalho “Habitar o Centro Histórico de Salvador de Bahia”, resultante da pesquisa Observatório do Centro Antigo de Salvador (Observa CAS).

 

Rede de Pesquisadores Latino-Americanos sobre Hospitais Pavilhonares

Rede internacional que integra pesquisadores do PPG-AU/UFBA, UFRJ, USP, UFPE, Fiocruz, Universidad Nacional Autónoma de México, Universidad Católica del Norte (Chile), Pontificia Universidad Javeriana (Colômbia). A rede é coordenada no Brasil pela Profa. Dra. Ana Amora (PROARQ/UFRJ) e pelo Arq. Dr. Renato Gama-Rosa (Fiocruz). A rede é integrada no PPG-AU/UFBA pelo Prof. Dr. Nivaldo Vieira Andrade Júnior, e realizará em maio de 2018 um seminário no Chile e, em setembro deste mesmo ano, outro seminário em Vitória, Espírito Santo.

 

Projeto Patrimônio e Metrópole Contemporânea: novos desafios, novas questões.

Projeto de pesquisa e intercâmbio aprovado pelo Edital n° 20/2012 do Programa Capes-Cofecub, foi iniciado em 2013 e concluído em 2017, em parceria com o antigo Institut d’Urbanisme de Paris (IUP), da Université Paris Est – Creteil (UPEC), atual École d’Urbanisme de Paris. O projeto se desenvolveu em torno de quatro eixos de pesquisa: (i) instrumentos e políticas de preservação do patrimônio urbano; (ii) centralidade, historicidade e expansão urbana; (iii) patrimônio urbano e patrimônio imaterial; (iv) patrimônios urbanos e apropriação turística na metrópole em movimento. A esses eixos se articularam propostas de estágios de doutorado-sanduíche e pós-doutorado, bem como pesquisas desenvolvidas no Brasil e na França pelos docentes envolvidos. Como resultado dessa cooperação, três seminários e três mini-cursos foram realizados no PPG-AU/UFBA por membros das equipes francesa. Membros da equipe brasileira atuaram também como professores visitantes no IUP-UPEC. A equipe francesa do projeto foi coordenada pela Profa. Dra. Jocelyne Dubois-Maury e integrada pelos Profs. Drs. Laurent Coudroy de Lille, Florine Ballif, Frank Dorso e Jean-François Doulet. A equipe brasileira foi coordenada pela Profa. Dra. Marcia Sant’Anna e integrada pelos Profs. Drs. Ana Fernandes, Luiz Antônio Fernandes Cardoso, Eloísa Petti Pinheiro e Glória Cecília dos Santos Figueiredo (em 2016). O projeto foi concluído em 2017 com o retorno do doutorando Daniel Andrade Caribé de estágio de doutorado-sanduíche na École d’Urbanisme de Paris e a vinda do professor Laurent Coudroy de Lille para seminário na FAUFBA, organizado pelo Grupo de Pesquisa Lugar Comum.

 

Rede Ciencia y Tecnologia para el Desarrollo – CYTED

O Núcleo de Tecnologia da Preservação e da Restauração (NTPR) participa da rede de pesquisa Ciencia y Tecnologia para el Desarrollo – CYTED, programa internacional e multilateral que envolve 21 países ibero-americanos e engloba também a Rede MERCOSUR de Estudos da Biodegradação do Patrimônio, que promove cursos e seminários internacionais para conservadores e restauradores. O NTPR colabora ainda com outras instituições internacionais como o Centro Cesare Gnudi (Bolonha); Centro de Estudos de Causas de Degradação dos Objetos de Arte do CNR (Roma); Centro de Estudos de Conservação do CNR (Florença); CRATerre (Grenoble); ICR - Instituto Central de Restauro (Roma); ITDG - Intermediate Technology of Development Group (Inglaterra); Laboratório da Superintendência das Antiguidades (Veneza); Laboratório de Conservação da Universidade de Pennsylvania; Laboratório do International Center for Conservation and Restoration of Monuments – ICCROM (Roma); Laboratório Gino Bozza do Politécnico de Milão; Laboratório Rathgen (Berlim); LNEC - Laboratório Nacional de Engenharia Civil (Lisboa); The Center for Preservation Research da Universidade de Columbia (Nova Iorque). O laboratório é coordenado pelo Prof. Dr. Mário Mendonça de Oliveira.

 

Projeto Modelagem da Informação da Cidade (CIM)

Aprovado em 2017, o Projeto “Modelagem da Informação da Cidade (CIM)”, é realizado em parceria com o Karlsruhe Institut für Technologie e é viabilizado através do Programa CAPES/DAAD (Deutscher Akademischer Austauschdienst ou Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico/PROBRAL. A aprovação deste projeto confirma o reconhecimento da capacidade de articulação internacional do PPG-AU/UFBA, uma vez que foi o único da área de Arquitetura, Urbanismo e Design a ser contemplado no Edital nº 12/2017, cujo resultado foi divulgado em 28 de dezembro desse mesmo ano.

 

Ainda no que toca à Internacionalização cabe destacar, em 2017, a presença de 03 (três) professores visitantes estrangeiros no PPG-AU e no MP-CECRE, cuja participação foi viabilizada por meio de acordo de cooperação com o Centro Lúcio Costa do IPHAN. Nesta oportunidade, foram realizados minicursos com os seguintes mestres estrangeiros da área de conservação e restauração do patrimônio: João Mascarenhas Mateus, do Centro de Investigação em Arquitetura, Urbanismo e Design – Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa; Maria Margarita Segarra Lagunes, da Faculdade de Arquitetura da Universidade Roma Tre; e José Manuel Aguiar Portela da Costa, da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa.