Projetos de Pesquisa

Relatório de Conferência de Projetos de Pesquisa - ano 2020

Projeto de Pesquisa
Nome: A Cidade dos Tambores: Os Blocos Afro nos Bairros Negros da Cidade do Salvador
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: TEORÍA E CRÍTICA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2017 Data da Situação: 01/08/2017

Descrição: O projeto tem como questão central, como a Arquitetura dos Blocos Afro da cidade do Salvador constituem centros irradiadores de resistência social, cultural, estética, e política das populações afro-brasileiras nos bairros negros da cidade? Nessa perspectiva a Arquitetura dos Blocos Afro serão trabalhadas a partir dos seguintes aspectos e relações: 1 - Arquitetura e Ancestralidade Afro-brasileira (relações com os terreiros de Candomblé, Líderes Religiosos, Rituais, Festividades, Relação Sagrado-Profano); 2 - Arquitetura e Resistência nos Bairros Negros (funcionalidades, atividades - laborais, educacionais, sociais, de saúde, profissionalizante, formação, capacitação, e a segregação étnica-racial); 3 - Arquitetura e Estética Negra (Pan-Africanismo, Reafricanização dos Terreiros de Salvador, Libertação de Países Africanos, a busca da África Mítica, moda e roupas, cabelos, e ornamentos e suas relações com a arquitetura). Como objeto de estudos foi elencado as Arquiteturas dos seguintes Blocos Afros existentes nos bairros da cidade do Salvador: no Pelourinho o Blocos Afro Olodum, Banda Didá; na Liberdade os Blocos Afro Ilê Aiyê, e Muzenza; Itapuã o Bloco Afro Malê de Balê; Periperi o Bloco Afro Araketu; e em Pirajá o Bloco Afro Cortejo Afro.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
AMANDA MARIA SOUZA STADNIK Discente - Graduação 01/08/2017 -
EUNICE PITA DE OLIVEIRA Discente - Graduação 01/08/2017 -
FABIO MACEDO VELAME (Responsável) Docente 01/08/2017 -
JHEIFSON DE JESUS SANTOS Discente - Graduação 01/08/2017 -
MARCO ANTONIO SANTOS DA PAIXAO Discente - Graduação 01/08/2017 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/08/2017  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2017  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: A PRODUÇÃO ARQUITETÔNICA DE LINA BO BARDI
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 02/01/2017 Data da Situação: 02/01/2017

Descrição: A pesquisa visa dar continuidade aos estudos desenvolvidos durante a dissertação de mestrado e a tese de doutorado, explorando e expandindo questões sobre a produção arquitetônica de Lina Bo Bardi.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANA CAROLINA DE SOUZA BIERRENBACH (Responsável) Docente 02/01/2017 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: A produção imobiliária de Salvador: (re)estruturação territorial e desafios para a justiça espacial
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2018 Data da Situação: 01/08/2018

Descrição: Esse projeto objetiva identificar e compreender tendências atuais de uso e ocupação do espaço da produção imobiliária licenciada pelo município de Salvador nas primeiras décadas do século XXI, refletindo sobre os seus desdobramentos em termos de (re)estruturação territorial da Cidade de Salvador e sobre os desafios para a constituição de regimes urbanos orientados por justiça espacial.


Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
GLORIA CECILIA DOS SANTOS FIGUEIREDO (Responsável) Docente 01/08/2018 -
LEILANE PAMPONET DOS SANTOS Discente - Graduação 01/08/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2018  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: AÇÃO CORPORATIVA, PLANEJAMENTO URBANO E DIREITO À CIDADE
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2017 Data da Situação: 01/08/2017

Descrição: O objetivo geral da pesquisa é explorar os modos de operação do urbanismo corporativo na definição de formas de intervenção sobre as cidades, bem como problematizar as dimensões do direito à cidade a eles relacionados. Tal interesse decorre do fato de que instrumentos de política urbana já tradicionais (como os planos diretores), (re)construídos em árduos processos de negociação político-social, têm sido crescentemente acompanhados por novos mecanismos – como as Parcerias Público-Privadas (PPPs); Procedimentos de Manifestação de Interesse (PMIs) e Manifestações de Interesse Privado (MIPs) – através dos quais o setor privado passa a poder assumir, em termos conceituais e propositivos, o próprio processo de planejamento, mesmo que de forma fragmentada e seletiva. Isto fica claro no exemplo das MIPs, na medida em que, atuando a montante do setor público, espaços-alvo do interesse corporativo são claramente explicitados, enquanto a dimensão de sua regulação/controle se faz mais obscura. Parece estar em curso, como adverte FERNANDES (2015), “um processo radical e contraditório de privatização e de reestatização do planejamento e da ação sobre a cidade, num sentido oposto à pauta progressista da reforma urbana, suas formas de regulação e seus instrumentos operativos, com recuo significativo dos procedimentos democráticos”. Ao mesmo tempo, insatisfações de várias ordens e escalas vêm se explicitando em contraposição a esta maneira de gerir a cidade, apontando para necessidade de entendimento entre das relações entre este “urbanismo corporativo” e os ativismos político-sociais. A cidade de Salvador/Bahia é tomada como a referência empírica principal, universo que deverá ser cotejado com outras experiências no Brasil, no bojo de intercâmbios do grupo de pesquisa Lugar Comum. A pesquisa deverá ter continuidade no âmbito do Projeto “Territórios populares: Reestruturação territorial, desigualdades e resistências nas metrópoles brasileiras” , coordenado pela profa. Raquel Rolnik em nivel nacional e, em nivel local, pela profa. Ana Fernandes.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANA CLAUDIA FERNANDES DE SOUZA Discente - Graduação 01/08/2017 -
ANGELA MARIA DE ALMEIDA FRANCO (Responsável) Docente 01/07/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
FUNDACAO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DA BAHIA BOLSA 01/08/2017  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Apreensão sobre as Políticas Hegemônicas e de Resistências no Pensamento Urbanístico Contemporâneo
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/01/2010 Data da Situação: 01/01/2010

Descrição: A pesquisa Apreensão sobre as Políticas Hegemônicas e de Resistências no Pensamento Urbanístico Contemporâneo assume a hipótese de que alguns modos de intervenção no espaço urbano contemporâneo tornam-se modelos hegemônicos a partir da institucionalização do pensamento e das práticas da disciplina urbanística, mas que, estes mesmos modelos hegemônicos provocam resistências de várias naturezas em sua implantação e manutenção nos territórios que recebem suas intervenções. Tal quadro traz à urbanística um contexto geral de conflitos e incertezas dada, principalmente, à compreensão de que é a generalização exaustiva dos modelos que leva a disciplina a tantas intervenções desastrosas no que tange a vida urbana dos territórios. A pesquisa Apreensão sobre as Políticas Hegemônicas e de Resistências no Pensamento Urbanístico Contemporâneo possui ferramentas conceituais próprias para produção cartográfica e historiográfica de seu objeto de pesquisa que é o pensamento urbanístico contemporâneo. Essas ferramentas permitem a produção de dados que dialogam com a metodologia da pesquisa Cronologia do Pensamento Urbanístico . As duas pesquisas, mesmo com suas especificidades, compartilham experiências metodológicas e propositivas de pesquisa, articuladas dentro do Laboratório Urbano.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
THAIS DE BHANTHUMCHINDA PORTELA (Responsável) Docente 01/03/2013 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/01/2014  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Arquitetas e Arquitetos negros pelo mundo: mapeamento da presença negra no campo da arquitetura, urbanismo e planejamento urbano
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 08/05/2017 Data da Situação: 08/05/2017

Descrição: "Arquitetas e arquitetos negros pelo mundo: Mapeamento da presença negra no campo da arquitetura, urbanismo e planejamento urbano" é um projeto que integra a pesquisa "Presença Negra no currículo do curso de Arquitetura e Urbanismo", realizado pela Linha de Pesquisa "Presença Negra na produção da Cidade", do Grupo de Pesquisa Lugar Comum/ PPGAU-FAUFBA (Edital Sankofa PROAE UFBA 2017/2018) . O intuito do projeto é, a partir de uma perspectiva diaspórica, trazer para o debate da arquitetura, do urbanismo e do planejamento urbano, a presença e a produção de arquitetas e arquitetos negros de diferentes nacionalidades, localizados em distintas partes do mundo, construindo assim uma perspectiva transatlântica importante e necessária para a discussão sobre as práticas advindas desses campos. A investigação aborda dimensões como origem, local de formação, área de atuação, principais projetos, referências, publicações, dentre outras informações, com o objetivo de contribuir para a elaboração de um mapa inusual, e analisá-lo a partir de possíveis conexões, ressonâncias, ecos, dissonâncias e particularidades. Nesse primeiro estágio, tem-se como foco apresentar 100 arquitetas e arquitetos negros e suas produções, como pontapé inicial para futuras leituras e análises desse arranjo. Pretende-se, também, através do compartilhamento desse mapeamento, possibilitar que estudante da área possam se utilizar desse site como fonte de pesquisa inicial, ampliando o universo de referências que em geral não abarca arquitetas e arquitetos negros, comumente invisibilizados tanto pela bibliografia acadêmica, quanto pelas publicações comerciais. ​ No que se refere ao Brasil, a informação sobre etnia/raça de arquitetas e arquitetos urbanistas é um dado inexistente, mesmo junto aos Conselhos e Institutos que representam a classe. Nesse sentido, construímos um formulário e estamos aceitando contribuições voluntárias sobre arquitetas e arquitetos negros brasileiros.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
GABRIELA LEANDRO PEREIRA (Responsável) Docente 01/07/2018 -
NATALIA MARIA COSTA SANTOS Discente - Graduação 08/05/2017 -
PAULA MILENA SILVA LIMA Discente - Graduação 08/05/2017 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: ARQUITETURA E URBANISMO CONTEMPORÂNEO EM ÁFRICA: AS NOVAS CIDADES GLOBAIS AFRICANAS E OS NOVOS CONDENADOS DA TERRA - PROGRAMA PERMANECER/PROAE 2018
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2018 Data da Situação: 01/08/2018

Descrição: O presente projeto de pesquisa tem como objetivo problematizar e analisar o processo atual de produção das ‘’Novas Cidades Globais em África’’ articuladas a globalização, neoliberalismo e a reprodução capitalista nas cidades na era ‘’pós-industrial’’ (pós-fordista) do capitalismo de acumulação flexível em sua faceta no continente africano. Essas cidades constituem-se em centros – ilhas – de riqueza e opulência em contraposição ao aumento vertiginoso da segregação sócio-espacial e étnico-racial no cenário urbano africano contemporâneo. Ao seguir a lógica da ‘’Cidade Genérica’’, ‘’Cidades Inteligentes’’, ‘’Cidades Tecnológicas’’, ‘’Cidades Ecológicas’’, ‘’Cidades Verdes’’, propõem-se a ser símbolos de uma ‘’Nova África’’. Essas cidades são produtos do crescimento e estabilidade econômica e política na última década no que se chamou de o ‘’Levante da África’’, tentam restaurar a Idade de Ouro Africano (da África Mercantil no Mediterrâneo, Subaariana, Ocidental, Meridional e Oriental dos séc. VIII ao XIV) quando ocorreu o surgimento, florescimento e desenvolvimento das grandes cidades e impérios comerciais na África (Mali, Mauritânia, Gana, Níger, Suarilis, Tuaregues, Almorovitas, etc.). Cidades que buscam romper com a imagem de pobreza, miséria, guerras, epidemias e doenças vinculadas ao continente Africano. As ‘’Novas Cidades Africanas’’ buscam, também, apagar a era da Tragédia e Catástrofe Africana (séc. XV ao XIX), quando mais de 100 grandes cidades foram destruídas com seus respectivos impérios e rotas comerciais, provocadas pelas invasões tucas e, principalmente, das nações europeias (Inglaterra, França, Bélgica, Holanda, Portugal, Espanha, Itália, Alemanha), com a implantação do sistema colonial com o saque das riquezas do continente e a implantação do mercado de escravos no Atlântico Negro. O mercado de escravos foi responsável pela maior migração forçada da história quando dez milhões de negros cativos foram levados como escravos para os plantantions nas Américas durante cinco séculos. Seguida da implantação do imperialismo europeu, com a Partilha da África, pelas nações europeias no séc. XIX, com a respectiva espoliação de riquezas naturais do continente para fornecimento de matérias-primas para a segunda revolução industrial na Europa, processo que perdurou até as guerras de independência africanas após a segunda guerra mundial. Essas ‘’Novas Cidades Africanas’’ com seu desenvolvimento vertiginoso são desprovidas de qualquer relação histórica, ambiental, social e cultural com a África reproduzindo modelos já experimentados nos Tigres Asiáticos, na China, Oriente Médio, EUA e Europa que criam pontos de opulência para as elites locais conectando-as a esfera global, produzindo a imagem de uma ‘’Nova África’’, e ao mesmo tempo, oceanos urbanos de pobreza e miséria para os filhos dos Condenados da Terra (Franz Fanon). As ‘’Novas Cidades Africanas’’ e seus respectivos países que serão trabalhados no projeto de pesquisa são: 1 – Le Cite du Fleuve - República Democrática do Congo; 2 – Eko Atlantic – Nigéria; 3 – Appolonia City – Gana; 4 - Hope City – Gana; 5 – Kigamboni City – Tanzânia; 6 - Safari City – Tanzânia; 7 – Konza Technology City – Quênia; 8 – Tatu City – Quênia; 9 – Ebene Cyber City – Ilhas Maurícias; 10 – Modderfontein New City – África do Sul. A ONU estima que somente nas regiões da África Subaariana, Ocidental e Oriental existam, hoje, 650 milhões de pessoas vivendo na extrema pobreza. O capitalismo globalizado no continente africano produz o esplendor arquitetônico no meio da miséria absoluta, e propicia o encontro das ‘’Cidades de Ouro Perdidas’’ do antigo Império de Gana com as ‘’Cidades dos Condenados da Terra’’. Nesse viés, a pesquisa tem como questão central ‘’Como a produção das Novas Cidades Globais Africanas vem aumentando a segregação sócio-espacial e étnico-racial no urbano em África?’’ Buscaremos responder essa questão tratando essas ‘’Novas Cidades’’ Africanas a partir de cinco eixos de análise (teórico-metodológica): 1 – Os Agentes da Produção do Espaço (governos africanos, grupos e entidades financeiros das nações africanas e internacionais, empresas nacionais e internacionais de construção, volume de investimentos do setor público e privado); 2 – As Narrativas e Conceitos (cidades verdes, ecológicas, tecnológicas, inteligentes, etc., utilizadas para a edificação de imagens de modernidade vendáveis para as elites africanas e necessárias para uma nova imagem de África para o público internacional, longe, portanto, da imagem ainda presente do continente das guerras, genocídios, epidemias, doenças, pobreza e miséria a ser erradicada); 3 – O Modelo Espacial e Projeto Urbanístico (as formas urbanas e partidos urbanísticos adotadas nos planos de implantação e desenvolvimento das novas cidades africanas); 4 – As Arquiteturas e Imagens de Cidade (historicismo, neoclássico, neocolonial, high-tech, etc. vinculada a um circuito internacional de produção arquitetônica que colabora para a construção das novas imagens necessárias para as novas cidades africanas); 5 – Gentrificações e Segregação Social-Espacial/Étnico-Racial (os processos de expulsão financeira e/ou armada – com o uso da violência - da população pobre das áreas das novas cidades africanas ou de novos bairros, o processo de controle da mobilidade e acessibilidade urbana da população às novas cidades, a edificação de guetos e bairros étnicos nas periferias dessas novas cidades, o aumento da pobreza e miséria urbana que fizeram ‘’ressurgir’’ os Condenados da Terra – Franz Fanon);

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
BARBARA AMALIA CRUZ DA ROCHA Discente - Graduação 01/08/2018 -
BARBARA GUIMARAES VITORINO Discente - Mestrado 18/02/2019 -
FABIO MACEDO VELAME (Responsável) Docente 01/08/2018 -
GABRIELA SANTIAGO XAVIER Discente - Graduação 01/08/2018 -
KAIC FERNANDO FERREIRA LOPES Discente - Mestrado 01/08/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2018  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Arquitetura soteropolitana em ferro: inventário e estudo tecnológico
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA CONSERVAÇÃO E DO RESTAURO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2017 Data da Situação: 01/08/2017

Descrição: Dando continuidade à linha de pesquisa sobre o patrimônio material, segue em desenvolvimento, no NTPR, desde julho de 2016, pesquisas relacionadas ao emprego do ferro na arquitetura soteropolitana produzida entre os anos de 1808 e 1939. Nesse período, demarcado pela vinda da Família Real Portuguesa para o Brasil e pelos conflitos que deflagraram a Segunda Grande Guerra Mundial, foram utilizados, nos edifícios construídos ou reformados na capital baiana, bem como nos seus mobiliários e equipamentos urbanos, elementos construtivos em ferro fundido, ferro laminado ou forjado fabricados nas siderúrgicas que, desde o século XVIII, surgiam e prosperavam em países europeus, ou que, a muito custo, se desenvolviam em solo brasileiro.Tais artefatos siderúrgicos, representados, sobretudo, por perfis, escadas pré-fabricadas, pilares, chafarizes e gradis, foram absorvidos pelas técnicas e estilos predominantes na época, e ajudam a compreender a sociedade, a economia e a arquitetura brasileira daquele período. Infelizmente, apesar da importância desses elementos construtivos, poucos estudos foram realizados até o momento e muito pouco tem sido feito para a sua preservação. A pesquisa do NTPR, em consonância com as recomendações dos documentos internacionais que balizam as políticas e procedimentos de restauro e de conservação, objetiva inventariar e caracterizar, através de análises físicas, químicas e mineralógicas, tais artefatos, contribuindo para a salvaguarda dos mesmos e da história da arquitetura soteropolitana.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
JANAINNA SANTOS ARAUJO DIAS Discente - Graduação 01/08/2017 -
LETICIA ESTRELA VELAME CRUZ Discente - Graduação 01/08/2017 -
MÁRIO MENDONCA DE OLIVEIRA (Responsável) Docente 01/08/2017 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/08/2017  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2017  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Arquiteturas Afro-Diaspóricas nas Américas: Arquiteturas Afro-Latinas, Afro-Caribenhas, Afro-Americanas e Afro-brasileiras - SANFOKA 2019
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2019 Data da Situação: 01/03/2019

Descrição: Descrição: A pesquisa visa estudar as Arquiteturas Afro-Diaspóricas nas Américas, a arquiteturas produzidas pelos negros trazidos da África como escravos para os plantiotions no Novo Mundo, paras as colônias Portuguesas, Espanholas, Holandesas, Francesas e Inglesas, que deram origem as arquiteturas Arquiteturas Afro-Latinas, Afro-Caribenhas, Afro-Americanas e Afro-brasileiras. A pesquisa se estrutura nos seguintes eixos: 1 - Quilombos: Marrons, Grand Marronage, Palanque, Cumbes, Quilombos e Mocambos; 2 - Templos Religiosos de Matrizes Africanas: Cabula, Catimbó, Vodum Haitiano, Santería Cubana, Regla de Arará e Regla de Palo, Kumina, Vodum da Lousiana; 3 -  Bairros Negros e Segregação Étnico-Racial.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
CARLOS ENRIQUE FERREIRA SANTOS Discente - Mestrado 01/03/2019 -
EDIVALDO JOSE CORREIA DE BARROS Discente - Graduação 01/03/2019 -
EUNICE PITA DE OLIVEIRA Discente - Graduação 01/03/2019 -
FABIO MACEDO VELAME (Responsável) Docente 01/03/2019 -
GABRIELA SANTIAGO XAVIER Discente - Graduação 01/03/2019 -
JOSANE DOS SANTOS OLIVEIRA Discente - Mestrado 01/03/2019 -
JULIANA LOPES DE FARIAS Discente - Graduação 01/03/2019 -
JUSCAR DOMINGOS NANCASSA Discente - Graduação 01/03/2019 -
SOANE BARBOSA PEREIRA MENEZES Discente - Mestrado 01/03/2019 -
SONIA MENDES REIS NASCIMENTO SILVA Discente - Mestrado 01/03/2019 -
VILMA PATRICIA SANTANA SILVA Discente - Mestrado 01/03/2019 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
FUNDACAO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DA BAHIA BOLSA 01/03/2019  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/03/2019  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/03/2019  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Arquiteturas da Diáspora Negra no Benim e no Brasil: Arquiteturas Africanas e Afro-brasileiras.
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/10/2018 Data da Situação: 01/10/2018

Descrição: O sub-projeto Arquiteturas da Diáspora Negra no Benim e no Brasil: Arquiteturas Africanas e Afro-brasileiras, está vinculado ao projeto Produções Culturais do Atlântico Sul, sob coordenação geral da Profa. Dra. Kadya Tall (IMAF - EHESS - PARIS I), possui como tema de pesquisa o processo diasporico entre o Benim e o Brasil de suas arquiteturas e espaços urbanos buscando as permanências, transformações, ressignificações e criações nos dois lados do Atlântico Sul. Busca desvelar as recomposições, invenções e recriações das arquiteturas africanas tradicionais e as arquiteturas afro-brasileiras enquanto monumentos, espaços religiosos, e espaços de convívio urbano. Assim serão abordados 05 (cinco) eixos de pesquisa: Arquiteturas de Templos e Palácios no Benim e no Brasil; Mercados do Benim e Feiras na Bahia; Arquitetura dos Agudás, Os Retornados; Arquitetura de Quilombos na Bahia e Vilas de Fugitivos africanos no Benim; Monumentos Negros nas Cidades da Bahia e do Benim. O projeto é desenvolvido pelas seguintes instituições: IMAF Instituto do Mundo Africano da EHESS da PARIS I / CEAO / FFCH / FAUFBA. 

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
APOENA DA SILVA FERREIRA Discente - Mestrado 18/02/2019 -
BARBARA AMALIA CRUZ DA ROCHA Discente - Graduação 01/10/2018 -
BARBARA GUIMARAES VITORINO Discente - Mestrado 18/02/2019 -
CARLOS ENRIQUE FERREIRA SANTOS Discente - Mestrado 18/02/2019 -
FABIO MACEDO VELAME (Responsável) Docente 01/10/2018 -
FLAVIO CARDOSO DOS SANTOS JUNIOR Discente - Doutorado 18/02/2019 -
GABRIELA SANTIAGO XAVIER Discente - Graduação 01/10/2018 -
JOSANE DOS SANTOS OLIVEIRA Discente - Mestrado 01/10/2018 -
KAIC FERNANDO FERREIRA LOPES Discente - Mestrado 01/10/2018 -
MARIA ALICE PEREIRA DA SILVA Discente - Doutorado 01/10/2018 -
PAULA CRISTINA SANTOS COSTA Discente - Mestrado 18/02/2019 -
SOANE BARBOSA PEREIRA MENEZES Discente - Mestrado 18/02/2019 -
SONIA MENDES REIS NASCIMENTO SILVA Discente - Mestrado 01/10/2018 -
VILMA PATRICIA SANTANA SILVA Discente - Mestrado 01/10/2018 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Arquiteturas dos Afoxés e Blocos-Afro nos Bairros Negros da Cidade do Salvador
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 02/01/2018 Data da Situação: 02/01/2018

Descrição: O projeto de pesquisa Arquiteturas dos Afoxés e Blocos-Afro nos Bairros Negros da Cidade do Salvador, visa trabalhar a organização, estruturação, e a tessitura social dos bairros negros no cotidiano da cidade do Salvador e no período do Carnaval, a partir do surgimento, desenvolvimento, e consolidação dos Afoxés e Bloco-Afro que tem na Arquitetura de suas sedes um instrumento de luta e resistência social, cultural e política. Serão trabalhados os seguintes Afoxés e Blocos-Afro nos seus respectivos bairros: Afoxé Embaixada Africana (1895) no Engenho Velho de Brotas; Pândegos da África (1898) na Lapinha; Império da África (1899) no Santo Antônio; Afoxé Mamãe Arrumaria (1898) na Baixa dos Sapateiros; Filhos da África (1900) na Sé - Pelourinho; Folia Africana (1900) na Sé ? Pelourinho; Afoxé Lembrança dos Africanos (1900) no Garcia; Afoxé Papai Folia (1900) no Garcia; Africanos em Pândega (1900) no Caminho de Areia; Afoxé Congos D´África (1900) no Caminho de Areia; Afoxé Lanceiros da África (1900) no Cabula; Lutadores da África (1900) no bairro de São Caetano; Afoxé Guerreiros da África (1900) na Vasco da Gama; Afoxé Pai Buruku (1935) no São Gonçalo do Retiro; Afoxé Otum Obá de África (1935) no Garcia; Afoxé Lordes Ideais (1940) no Pau Miúdo; Afoxé Filhas D´Oxum (1940) no Vale das Muriçocas; Afoxé Filhos do Congo (1948) no Engenho Velho de Brotas; Afoxés Filhos de Gandhy (1949) no Pelourinho; Afoxé Badauê (1978) no Eng Velho de Brotas; Afoxé Filhas de Olorum (1998) no Pelourinho; Afoxês de Korin Efan (2002) no Pelourinho; Afoxé Luaê (2002) no Eng. Velho de Brotas; Afoxé Filhos de Ogum de Ronda (2004) no Alto de Coutos; Afoxé Kambalageanze (2004) no bairro do Barbalho; Afoxé Olorun Baba Mi (2004) noBairro da Liberdade; Afoxé Laroyê Arriba (2006) no Pelourinho; Ilê Aiyê (1974) no bairro da Liberdade; Muzenza (1975) no bairro da Liberdade; Malê Debalê (1979) no bairro de Itapuã; Olodum (1979) no Pelourinho; Araketu (1980) em Periperi; Banda Didá (1994) no Pelourinho; Cortejo Afro (1998) em Pirajá. A pesquisa tem como finalidade demonstrar como a Arquitetura dos Afoxés e Blocos-Afro da cidade do Salvador constituem centros irradiadores de resistência social, cultural e política das populações afro-brasileiras nos bairros negros da cidade. Nessa perspectiva a Arquitetura dos Afoxés e Blocos-Afro será trabalhada a partir dos seguintes aspectos e relações: 1 Arquitetura e Ancestralidade Afro-brasileira; 2 Arquitetura e Resistência nos Bairros Negros; 3 Arquitetura, e Estética Negra. Esses três eixos traçarão a forma de desvelamento de como os Afoxés e Blocos-Afro contribuíram na formação e organização da tessitura social das populações afro-brasileiras nos bairros negros da cidade do Salvador.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
APOENA DA SILVA FERREIRA Discente - Mestrado 18/02/2019 -
BARBARA AMALIA CRUZ DA ROCHA Discente - Graduação 01/08/2018 -
BARBARA GUIMARAES VITORINO Discente - Mestrado 18/02/2019 -
CARLOS ENRIQUE FERREIRA SANTOS Discente - Mestrado 18/02/2019 -
FABIO MACEDO VELAME (Responsável) Docente 02/01/2018 -
FLAVIO CARDOSO DOS SANTOS JUNIOR Discente - Doutorado 18/02/2019 -
GABRIELA SANTIAGO XAVIER Discente - Graduação 01/08/2018 -
JOSANE DOS SANTOS OLIVEIRA Discente - Mestrado 12/03/2018 -
KAIC FERNANDO FERREIRA LOPES Discente - Mestrado 12/03/2018 -
MARIA ALICE PEREIRA DA SILVA Discente - Doutorado 12/03/2018 -
PAULA CRISTINA SANTOS COSTA Discente - Mestrado 18/02/2019 -
SOANE BARBOSA PEREIRA MENEZES Discente - Mestrado 18/02/2019 -
SONIA MENDES REIS NASCIMENTO SILVA Discente - Mestrado 19/03/2018 -
VILMA PATRICIA SANTANA SILVA Discente - Mestrado 12/03/2018 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: ARQUITETURAS DOS QUILOMBOS DA BAHIA
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: TEORÍA E CRÍTICA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/01/2017 Data da Situação: 01/01/2017

Descrição: O projeto Arquiteturas dos Quilombos da Bahia visa levantar, sistematizar, e analisar as arquiteturas das Comunidades Remanescentes de Quilombos certificadas pela Fundação Cultural Palmares e em processo de titulação pelo INCRA no estado da Bahia, sistematizar e produzir conhecimento sobre as arquiteturas dos quilombos na Bahia, instrumentalizar estudantes de arquitetura para o desenvolvimento de programas, projetos e ações voltadas para comunidades quilombolas, e compor um conjunto de informações sobre arquiteturas dos quilombos da Bahia que possam subsidiar as politicas públicas dos órgãos governamentais e tutelares dos povos e comunidades tradicionais (SEPPIR, FCP, SEPROMI, SEMUR), a partir das relações: ARQUITETURA E TERRITÓRIO, ARQUITETURA E CULTURA, ARQUITETURA E ETNICIDADE. Serão trabalhados uma comunidade quilombola por região do estado: Salvador e Região Metropolitana (Simões Filho) ? Quilombo Pitanga dos Palmares; Recôncavo Baiano (Maragojipe) ? Quilombo Salamina Putumuju; Baixo Sul (Valença) ? Quilombo Laranjeiras; Sul e Extremo Sul (Camamu) ? Quilombo da Jaqueira; Sudoeste (Vitória da Conquista) ? Quilombo Barrocas; Chapada Diamantina (Rio de Contas) ? Quilombo Bananal-Barra; Vale do São Francisco e Oeste (Bom Jesus da Lapa) ? Quilombo Rio das Rãs; Semi-Arido (Senhor do Bonfim) ? Tijuaçu ? Laje dos Negros.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
AMANDA MARIA SOUZA STADNIK Discente - Graduação 01/01/2017 -
FABIO MACEDO VELAME (Responsável) Docente 01/01/2017 -
FRANCINE DE SOUZA SANTOS Discente - Graduação 01/01/2017 -
JUSCAR DOMINGOS NANCASSA Discente - Graduação 01/01/2017 -
MARCO ANTONIO SANTOS DA PAIXAO Discente - Graduação 01/01/2017 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/01/2017  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/01/2017  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/01/2017  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Arquiteturas e configurações espaciais de comunidades indígenas e quilombolas no Brasil e na Bahia
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: RESTAURAÇÃO, CONSERVAÇÃO E GESTÃO DOS BENS PATRIMONIAIS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2019 Data da Situação: 01/08/2019

Descrição: O objetivo desta pesquisa é focalizar a expressiva e recente produção bibliográfica que trata do tema das arquiteturas e dos assentamentos de comunidades indígenas e quilombolas em várias partes do Brasil e também na Bahia. Este eixo de pesquisa, apesar de sua importância, tem sido ainda pouco explorado no âmbito do Grupo de Pesquisa Arquitetura Popular: espaços e saberes (GP ARQ POP), verificando-se, ainda, a necessidade de aprofundar esses conteúdos na disciplina Arquitetura Popular, que vem sendo ofertada na Faculdade de Arquitetura da UFBA como Tópico Especial desde 2015. Por fim, considerando o crescente interesse por este tema no campo da arquitetura e urbanismo, entende-se que é fundamental enriquecer neste sentido o Guia de Fontes sobre Arquitetura Popular, disponível no site www.arqpop.arq.ufba.br

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
MARCIA GENESIA DE SANT ANNA (Responsável) Docente 01/08/2019 -
MARIELY CABRAL DE SANTANA Participante Externo 01/08/2019 -
SILVIA PIMENTA D AFFONSECA Participante Externo 01/08/2019 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
FUNDACAO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DA BAHIA BOLSA 01/08/2019  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2019  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Arquiteturas sem horizontes: Capitalismo Mundial Integrado e as semióticas de subjetivação
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: TEORÍA E CRÍTICA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2016 Data da Situação: 01/08/2016

Descrição: Investiga os regimes semióticos contemporâneos e a produção de arquiteturas criadas a partir da instrumentalização do CMI. A pesquisa pretende encontrar caminhos que desvelem as relações entre o saber/poder e a subjetivação contemporânea. Essa pesquisa dá continuidade às investigações do livro: Entre Arquiteturas: antigenealogias e deposições. Pesquisa vinculada ao grupo RETINA. INTERNACIONAL (Recherches Esthétiques & Théoriques sur les Images Nouvelles & Anciennes), coordenado pelo Prof. Dr. François Soulages, Université Paris 8 / Institut Nationald'Historie de l'Art e ao grupo TR.OPUS (Grupo de Pesquisa em Cidades e Territórios), do IHAC/UFBA.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
JOAQUIM ANTONIO RODRIGUES VIANA NETO (Responsável) Docente 01/08/2016 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: ASSISTÊNCIA TÉCNICA NAS ÁREAS DE ARQUITETURA, URBANISMO E ENGENHARIA - AT AU+E
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: EXTENSÃO Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 08/05/2017 Data da Situação: 08/05/2017

Descrição: ASSISTÊNCIA TÉCNICA NAS ÁREAS DE ARQUITETURA, URBANISMO E ENGENHARIA - AT>AUE.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ELISABETTA ROMANO JALES Participante Externo 08/05/2017 -
FRANCISCO DE ASSIS DA COSTA (Responsável) Docente 08/05/2017 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Título Tipo da Produção Subtipo da Produção Ano da Publicação
CHAMADA PÚBLICA MP-BA 2019 - ASSESSORIA TÉCNICA ACOPAMEC/ LABHABITAR/ PPGAU-FAUFBA - PROJETO DE EXTENSÃO “AÇÕES PARTICIPATIVAS PARA IMPLEMENTAÇÃO DO PARQUE THEODORO SAMPAIO: ACESSIBILIDADES E MARCOS VISUAIS” TÉCNICA SERVIÇOS TÉCNICOS 2020
Projeto de Pesquisa
Nome: AUÊ - Articulações Urbanas em Escada
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: EXTENSÃO Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2018 Data da Situação: 01/08/2018

Descrição: Edital PIBIEX 2018, Projeto nº 15416. AUÊ - Articulações Urbanas em Escada, projeto de extensão desenvolvido pelo Curiar e contemplado no edital pibiex 2018, é desdobramento do trabalho desenvolvido pelos estudantes de Ateliê V em 2017.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANA CLARA OLIVEIRA DE ARAUJO Discente - Graduação 01/08/2018 -
GABRIELA LEANDRO PEREIRA (Responsável) Docente 01/08/2018 -
JONES DE SOUSA NASCIMENTO Discente - Graduação 01/08/2018 -
LETICIA PRATA GRAPPI Discente - Graduação 01/08/2018 -
MARIA LUIZA FREITAS ROCHA Discente - Graduação 01/08/2018 -
MARIANA RIBEIRO PARDO Discente - Graduação 01/08/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2018  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Avaliação de vibrações em edificações do Centro Histórico de Salvador
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA CONSERVAÇÃO E DO RESTAURO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2018 Data da Situação: 01/03/2018

Descrição: O objetivo geral desta pesquisa é mensurar e avaliar se as vibrações decorrentes do tráfego de veículos e de altos sons podem acarretar e/ou potencializar danos às estruturas de edificações localizadas no Centro Histórico de Salvador. Para alcançar o objetivo proposto, será desenvolvido um programa experimental com a utilização de sensores de vibração (acelerômetros), que serão colocados em edificações públicas e privadas situadas dentro do perímetro de delimitação do Centro Histórico de Salvador.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
JULIANA EVARISTO DOS SANTOS Discente - Mestrado 12/03/2018 -
ROSANA MUNOZ (Responsável) Docente 01/03/2018 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Cadastro Arquitetônico do Terreiro Ilê Axé Babá Omin Guian
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: RESTAURAÇÃO, CONSERVAÇÃO E GESTÃO DOS BENS PATRIMONIAIS
Natureza do Projeto: EXTENSÃO Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2019 Data da Situação: 01/03/2019

Descrição: O Projeto de Cadastro Arquitetônico do Terreiro Ilê Axé Babá Omin Guian localizado no distrito de Manguinhos, na Ilha de Itaparica, visa levantar a arquitetura do terreiro com objetivo de colaboração junto a comunidade e a prefeitura municipal de Itaparica de constituição de um conjunto de peças documentais( plantas, relatórios fotográficos, memorial descritivo) para instrução do processo de tombamento junto ao IPAC - Instituto do Patrimônio Cultural da Bahia.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
FABIO MACEDO VELAME (Responsável) Docente 01/03/2019 -
GABRIELA SANTIAGO XAVIER Discente - Graduação 01/03/2019 -
JUSCAR DOMINGOS NANCASSA Discente - Graduação 01/03/2019 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/03/2019  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/03/2019  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Cadê as arquitetas modernas baianas?
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/07/2018 Data da Situação: 01/07/2018

Descrição: Nos últimos oito anos uma série de trabalhos pioneiros na América do Sul foram desenvolvidos dando ênfase a discussões em torno a temas como arquitetura e gênero, além da visibilidade da produção de arquitetas no campo profissional, como os casos de Sá (2010), Velásquez (2011), Lima (2014) e Quinta (2016). Num trabalho anteriormente realizado, Huapaya (2014), centramo-nos em trazer à luz um conjunto de obras arquitetônicas e urbanísticas desenvolvidas entre 1950 e 1970 nos estados nordestinos, os quais são ignorados ou não aparecem na bibliografia referencial brasileira. À época, conseguimos identificar que essa produção além de relevante era significativa pelas suas caraterísticas e, também, vislumbramos que dentro desse universo masculino, a figura da arquiteta alagoana Lygia Fernandes surgia como o único caso em que a contribuição feminina era "aceita" pelos pares. Um levantamento inicial nos mostra que entre 1930 e 1960 formaram-se 12 arquitetas na Bahia; sendo que a primeira delas, Lygia Gabriela Alves, foi a primeira mulher formada em 1936 e era, também, negra. A pesar da importância desse fato, não se sabe praticamente nada sobre qual foi a trajetória profissional delas, o que elas fizeram, nem o que aconteceu com elas. Como forma a responder esses questionamentos valemo-nos, inicialmente de duas fontes: os arquivos da Faculdade de Arquitetura da UFBA e o do Instituto de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia. Isto nos permitirá, posteriormente, ter acesso às arquitetas ou aos familiares delas com o objetivo de ter acesso a arquivos pessoais. Com isso propomo-nos contribuir à visibilidade de um capítulo negligenciado na história da arquitetura e do urbanismo baiano: a contribuição das arquitetas e urbanistas baianas para a consolidação do campo profissional no Brasil.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
JOSE CARLOS HUAPAYA ESPINOZA (Responsável) Docente 01/07/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/07/2018  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Capacidades de realização no desenvolvimento urbano no Brasil
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 10/09/2017 Data da Situação: 10/09/2017

Descrição: Com o objetivo de examinar como intervenções urbanas deveriam ser desenhadas para amplificar as capacidades dos beneficiários, a proposta é adaptar o conceito de "capability approach" que foi desenvolvido pelo portador do prêmio Nobel, Amartya Sen, constatando que numa sociedade justa e equilibrada não só importam os recursos oferecidos às pessoas, mas também o que eles podem fazer, a depender da sua situação individual. Sen propôs cinco categorias de liberdades essenciais pelos quais se pretende desenvolver uma metodologia para identificar os recursos e capacidades existentes e obstáculos que impedem as pessoas que vivem em favelas em progredir nas suas vidas, para depois desenvolver propostas para remover essas barreiras e facilitar o aumento de capacidades.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANGELA MARIA GORDILHO SOUZA (Responsável) Docente 10/09/2017 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Caracterização dos Regimes Urbanos das Metrópoles Brasileiras: o caso de Salvador
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: LINGUAGEM, INFORMAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO [URBANISMO]
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/10/2017 Data da Situação: 01/10/2017

Descrição: O projeto Caracterização dos Regimes Urbanos das Metrópoles Brasileiras dá continuidade à participação do Núcleo Salvador no INCT/Observatório das Metrópoles e pretende realizar: uma caracterização do regime urbano de Salvador e de sua região metropolitana e o monitoramento do desenvolvimento urbano local. Para o alcance desses objetivos a equipe partirá das reflexões e análises desenvolvidas sobre a Região Metropolitana de Salvador pelo Núcleo Salvador/Observatório das Metrópoles nos anos anteriores. As atividades de investigação do Núcleo estarão centradas em três grandes eixos. O primeiro estará orientado para um aprofundamento das análises sobre o processo de acumulação na RMS, caracterizando a estrutura econômica e ocupacional da região. O segundo eixo abordará a dinâmica urbana da região nos últimos anos, retomando questões como a configuração interna da PMS, sua expansão em termos demográficos e territoriais, padrões de segregação observados, problemas habitacionais, condições de infraestrutura, sistema viário e mobilidade urbana. O terceiro e último eixo cuidará da discussão das dimensões sócio-políticas dos fenômenos investigados, dedicando-se a caracterizar i) o perfil e a agenda do poder local ao longo das últimas gestões municipais, ii) as orientações e propostas priorizadas ao longo dessas gestões, que se expressam principalmente através de normas e, instrumentos e investimentos relacionados ao desenvolvimento urbano e do conteúdo dos Planos Diretores de Desenvolvimento Urbano; iii) os embates ocorridos em termos dessas propostas; iv) os atores e movimentos envolvidos nesses embates.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
GILBERTO CORSO PEREIRA (Responsável) Docente 01/10/2017 -
INAIA MARIA MOREIRA DE CARVALHO Participante Externo 01/10/2017 -
JUAN PEDRO MORENO DELGADO Participante Externo 01/10/2017 -
RAFAEL DE AGUIAR ARANTES Participante Externo 01/10/2017 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/10/2017  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Cenografia barroca nos núcleos urbanos ibero-americanos
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/10/2019 Data da Situação: 01/10/2019

Descrição: Projeto submetido e aprovado para Bolsa de Produtividade em Pesquisa (PQ) - oferecida pelo CNPQ - mas com a participação de vários pesquisadores do Brasil e Portugal, bem como estudantes. Este projeto de pesquisa se baseia em uma investigação cuja temática teria como fundamento essencial a hipótese que atestaria que o mesmo espírito dramático que tomaria de assalto o mundo ocidental em todo o século XVII e na maior parte do século XVIII, contaminando a arte, a arquitetura, a literatura, a música, o teatro, teria igualmente alcançado a configuração visiva das cidades. Ou seja, a poética barroca, com seu apelo à imaginação, à fantasia, à ebriedade, à ?maravilha?, com seu uso incondicional de artifícios retóricos voltados a conquistar e persuadir as massas, dirigindo-as ao apoio incondicional à Igreja católica, bem como às grandes estruturas de poder estabelecidas na Europa e nas colônias além-mar, comandaria a conformação paisagística e cenográfica de inúmeras cidades. Neste sentido, e por extensão, seria legítimo declarar a existência de cidades barrocas nos territórios conquistados e ocupados por portugueses e espanhóis nas Américas? Como os núcleos urbanos fundados pelos portugueses no Novo Mundo poder-se-iam configurar como verdadeiras cidades barrocas se, frequentemente, seus planos urbanísticos nasceriam de processos espontâneos de crescimento e desenvolvimento urbano? Por outro lado, como seria possível a urbanística praticada pelo projeto de colonização espanhol ter contribuído para a construção do espaço urbano barroco, já que os conhecidos planos regulares quinhentistas seriam iniciativas que estariam muito apartadas dos princípios essenciais da poética barroca, assim como não se aproximariam da própria urbanística praticada no período ? além de terem-se estabelecido em anterioridade à eclosão do espírito barroco? Na verdade, as ações que transfigurariam estas cidades em palcos nos quais seria encenado o drama barroco não se fundariam em intervenções propriamente urbanísticas. O espetáculo dramático encenado na cidade se daria através da ?amarração? dos acontecimentos teatrais que transformariam o núcleo urbano em uma total e dramática experiência artística, dependendo, primordialmente, das intervenções pontuais que estaria recebendo gradativamente ? e, particularmente, da ?costura? destes ?eventos? no espaço e no tempo da apreciação da cidade pelo espectador. Logo, a pesquisa a ser desenvolvida pretende abrir um campo de investigação atrelado à análise crítica da arquitetura e do espaço urbano colonial. Uma pesquisa fundada para além dos tradicionais estudos sobre a conformação tipológica da arquitetura religiosa ibero-americana; para além das mais recentes, e promissoras, avaliações comparativas que versaram sobre a trama visiva das igrejas coloniais ? em sua interface com a tratadística e com a produção arquitetônica europeia contemporânea; para além das investigações que trataram da planificação e da estrutura morfológica dos núcleos urbanos levantados pelos portugueses e espanhóis no Novo Mundo. A pesquisa almeja constituir uma análise que considere, conjuntamente, a arquitetura e a urbanística do Brasil colônia e da América Hispânica para que, desta forma, se possa alcançar um juízo seguro sobre a apreensão estética da paisagem dos assentamentos urbanos, indagando sobre a presença de cenários dramáticos deflagrados pelas cidades ? núcleos urbanos que poderiam ser considerados como verdadeiras e completas experiências barrocas. Neste sentido, como produto final, pretende-se desenvolver um dossiê contendo a análise crítica da conformação artística da paisagem urbana de alguns dos mais importantes núcleos urbanos ibero-americanos, dossiê que ? além do juízo sobre o caráter barroco de cada cidade contemplada, juízo expresso através de texto corrido ? contará com reproduções de fontes iconográficas, inclusão de fotografias antigas e atuais dos assentamentos investigados, plantas e mapas temáticos.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANDRE GUILHERME DORNELLES DANGELO Participante Externo 01/10/2019 -
CLOVIS RAMIRO JUCA NETO Participante Externo 01/10/2019 -
FELLIPE DECRESCENZO ANDRADE AMARAL Discente - Mestrado 01/10/2019 -
JOAQUIM MANUEL SANTOS Participante Externo 01/10/2019 -
JOSE SIMOES DE BELMONT PESSOA Participante Externo 01/10/2019 -
LUIZ ANTONIO FERNANDES CARDOSO Docente 01/10/2019 -
MARCIA GENESIA DE SANT ANNA Docente 01/10/2019 -
MARIELY CABRAL DE SANTANA Participante Externo 01/10/2019 -
MATEUS ROSADA Participante Externo 01/10/2019 -
RODRIGO ALMEIDA BASTOS Participante Externo 01/10/2019 -
RODRIGO ESPINHA BAETA (Responsável) Docente 01/10/2019 -
THALITA PEREIRA DA FONSECA Discente - Doutorado 01/10/2019 -
VANESSA BORGES BRASILEIRO Participante Externo 01/10/2019 -
VICTOR MOURA SOARES FERREIRA Discente - Doutorado 01/10/2019 -
VIVIANE OLIVEIRA DE JESUS Discente - Mestrado 01/10/2019 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/03/2020  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Cidade, técnica, cotidiano: o arquivo do Laboratório de Fotodocumentação Sylvio de Vasconcellos (1954-1969)
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/02/2019 Data da Situação: 01/02/2019

Descrição: Este projeto de pós-doutorado toma como objeto de estudo o arquivo fotográfico do Laboratório de Fotodocumentação Sylvio de Vasconcellos, construído entre 1954 a 1964, e sediado na Escola de Arquitetura da UFMG. O objetivo é identificar, na técnica que media a relação com o cotidiano, a lógica patrimonial que rege a produção das imagens fotográficas deste arquivo, segundo seus parâmetros técnicos e conceituais, para então fazer emergir aquelas que se desviam desse projeto instalando ruídos na narrativa de memória e nação ali construída. Dentre esses ruídos, interessam-nos aqueles que colocam em discussão a dimensão do cotidiano e do ordinário, simultaneamente enquanto parte integrante e desvio da narrativa patrimonial, ampliando assim a constelação de acontecimentos em torno do debate moderno e popular nesse período histórico ? recorte temporal que situa também os projetos ?Imaginários e Visibilidades: práticas urbanas em fotografias soteropolitanas (1959-1970)? (Edital Propesq 006/2017) e o projeto ?Campo de debates em torno do popular? (Propci/UFBA 2016, 2017 e 2018), os quais venho desenvolvendo no PPGAU/UFBA desde 2016.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
JUNIA CAMBRAIA MORTIMER (Responsável) Docente 01/02/2019 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: CIDADES DIASPÓRICAS NO ATLÂNTICO NEGRO
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2018 Data da Situação: 01/03/2018

Descrição: A proposta de internacionalização Cidades Diaspóricas no Atlântico Negro, centra-se na cooperação técnica, acadêmica e científica no eixo Sul-Sul, notadamente, na relação a ser construída entre Brasil e África no campo disciplinar da Arquitetura e Urbanismo. A proposta visa uma articulação com países africanos que passaram pelo processo de diáspora no Atlântico Negro, e cujos povos contribuíram para o processo civilizatório brasileiro, notadamente, os proveniente da África Ocidental, Subaariana, Meridional, e Oriental, vinculados aos ciclos da escravidão no Brasil: ciclos da Guiné (povos senegaleses e guineenses); Congo-Angola (povos Bantus e Benguelas), Costa da Mina (povos Shanti e Afanti), Baía do Benim (povos Haussás, Daomeanos, e Iorubás). Povos que durante cinco séculos foram à mão-de-obra do Brasil Colônia e do Império do Brasil. Os países africanos e suas respectivas universidades relacionadas ao projeto são: na África Lusófona Angola (UTANGA - Universidade Nacional de Angola), Moçambique (UEM Universidade Eduardo Mondlane), Guiné-Bissau (INEP Instituto Nacional de Estudos de Pesquisa de Guiné-Bissau), e Cabo Verde (Universidade de Cabo Verde); na África Francófona Senegal (IFAN Instituto Francês da África Negra), Benim (Universidade Nacional do Bemim), e Congo (Universidade de Kinshasa); na África Anglo-Saxônica Nigéria (Obafemi Awolowo University), e Ghana (University of Ghana). Propõem-se, também, conexões com os países europeus que propiciaram a Partilha da África, com a pilhagem do continente para o desenvolvimento do capitalismo comercial e da Revolução Industrial. Países que estabeleceram, também, o processo de diáspora dos povos africanos no Novo Mundo, com a implantação do tráfego de negros para alimentar o sistema escravagista nos plantantions das Américas, com a migração forçada de dez milhões de negros. Os países europeus e suas respectivas universidades relacionadas no projeto são: Portugal (CES Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra), França (CEAF Centres d´Etudes Africaines du EHESS - École des Hautes Études em Sciences Sociales), e Inglaterra (University of Birminghan). O projeto Cidades Diaspóricas no Atlântico Negro, se desenvolverá a partir de três eixos de pesquisa buscando traçar um paralelo entre as cidades africanas e brasileiras: 1 Diáspora Africana no Atlântico Negro: Cidades Africanas e Brasileiras; 2 Arquiteturas Africanas e Afro-brasileiras; 3 Racismo e Cidade: segregação étnico-racial e resistências urbanas em África e Brasil. Problematizando esses temas entre as realidades brasileiras e africanas, o projeto propõe ser uma ponte entre os dois mundos da diáspora.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
FABIO MACEDO VELAME (Responsável) Docente 01/03/2018 -
GABRIELA SANTIAGO XAVIER Discente - Graduação 01/08/2018 -
JOSANE DOS SANTOS OLIVEIRA Discente - Mestrado 12/03/2018 -
JUSCAR DOMINGOS NANCASSA Discente - Graduação 01/03/2018 -
SONIA MENDES REIS NASCIMENTO SILVA Discente - Mestrado 12/03/2018 -
VILMA PATRICIA SANTANA SILVA Discente - Mestrado 12/03/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 01/08/2018  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2018  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2018  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: CIDADES DIGITAIS: INTEGRAÇÃO ENTRE MODELOS DE EDIFICAÇÕES E MODELOS DE SÍTIOS URBANOS ATRAVÉS DE TECNOLOGIAS BIM, HBIM, CityGML, 3D_GIS e CIM
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: LINGUAGEM, INFORMAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO [CONSERVAÇÃO E RESTAURO]
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2016 Data da Situação: 01/03/2016

Descrição: Este projeto de pesquisa é o desdobramento e a expansão do plano de trabalho elaborado para o estágio pós-doutoral realizado no período de agosto de 2014 a agosto de 2015, junto ao Dipartimento di Ingegneria Civile Edile e Architettura (DICEA), da Università Politecnica delle Marche, em Ancona na Itália, com o suporte dos professores Gabriele Fangi e Eva Savina Malinverni, com seis meses de duração, e junto ao Institute for Photogrammetry and Remote Sensing do Karlsruhe Institute of Technology, em Karlsruhe na Alemanha, com suporte do professor Thomas Vögtle, também por seis meses. O presente projeto, com duração prevista para três anos, está estruturado em duas partes: a primeira contemplando a revisão de literatura, apreensão das tecnologias, a discussão com outros pesquisadores e a realização de testes preliminares, e a segunda, compreende a integração destas tecnologias, através do desenvolvimento de modelos, simulações, especificações, procedimentos e métodos. A ideia que motiva este projeto é trabalhar o conceito de cidades digitais ou cidades virtuais, através da integração conceitual e operacional das seguintes tecnologias, sistemas e aplicações: Building Information Modeling (BIM); Historic Building Information Modeling (HBIM); 3D Geography Information System (3D_GIS); City Geography Markup Language (CityGML), City Information Modeling (CIM), considerando suas possibilidades de aplicação no planejamento, no projeto, na operação, na manutenção e na gestão, tanto das edificações, quanto dos sítios urbanos. Para isto também deverão ser discutido o conceito de SmartCity e Cidade Digital, além de consideradas outras tecnologias úteis na captura de dados para a construção dos modelos das edificações e dos sítios urbanos, a saber: Terrestrial Laser Scanning (TLS); Dense Surface Modeling (DSM); Digital Terrain Modeling (DTM), e Unmanned Aerial Vehicles (UAV), além de outras julgadas relevantes e adequadas. Esta pesquisa será realizada nas instalações do Laboratório de estudos avançados em Cidade, Arquitetura e tecnologias Digitais (LCAD), da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia (FAUFBA).

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ARIVALDO LEAO DE AMORIM (Responsável) Docente 01/03/2016 -
ERICA DE SOUSA CHECCUCCI Docente 10/07/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/03/2016 28/02/2019

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Comércio de rua e requalificação de espaços públicos em Salvador-BA: uma abordagem geográfica
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2018 Data da Situação: 01/08/2018

Descrição: Pretende-se, com essa proposta de pesquisa, analisar a relação entre comércio de rua e processos de requalificação do espaço público, a partir de uma abordagem geográfica do problema, buscando-se explicitar as táticas e estratégias dos agentes envolvidos e suas trajetórias e práticas no cotidiano da metrópole. A pesquisa se norteia, entre outras, pelas seguintes questões: O que baseia a ação dos agentes hegemônicos ? nos campos econômico e político, que discursos e estratégias? Que critérios são utilizados para a localização das operações urbanas de requalificação de espaços públicos na cidade? Por outro lado, como reagem os comerciantes/prestadores de serviço de rua a essas estratégias dos agentes econômicos e políticos? Há organização e ativismos de ordem tática para fazer frente às estratégias dos agentes hegemônicos? Para responder as questões levantadas e dar conta dos objetivos enunciados, pretende-se traçar um panorama dos contextos conjunturais dos embates relativos aos comerciantes e prestadores de serviço de rua, frente às ações dos agentes hegemônicos de produção do espaço metropolitano e aos processos de requalificação/refuncionalização dos espaços públicos na Capital baiana, a partir do final dos anos 1990 até os dias atuais. Espera-se ao final da pesquisa traçar um perfil atual e aprofundado dos comerciantes e prestadores de serviços de rua na metrópole de Salvador, apontando suas táticas e trajetórias frente às ações e estratégias de requalificação dos espaços públicos dos agentes hegemônicos. Igualmente, espera-se apontar também as lógicas norteadoras dessas intervenções por parte dos agentes públicos e privados, bem como o estabelecer de uma tipologia dos empreendedores de rua na metrópole de Salvador, tanto em termos dos produtos oferecidos como dos serviços prestados, atentando-se também para sua localização na cidade e suas táticas de territorialização/lugarização dos espaços públicos soteropolitanos.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA (Responsável) Docente 01/08/2018 -
JULIANA DA SILVA MACHADO FREITAS Discente - Graduação 01/08/2018 -
WELLINGTON LEITE DOS SANTOS Discente - Graduação 01/08/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/08/2018  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Conferência Internacional - Brasil na África / África no Brasil, com o tema: Compartilhando Entendimentos sobre a diáspora negra no Novo Mundo - Lagos, Nigéria
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: EXTENSÃO Situação do Projeto: CONCLUÍDO
Data de Início: 01/03/2019 Data da Situação: 01/03/2020

Descrição: A Conferência Internacional - Brasil na África / África no Brasil, com o tema: Compartilhando Entendimentos sobre a diáspora negra no Novo Mundo"" será realizada pelo Centro de Estudos Afrobrasileiros (LASUCAS) da Universidade do Estado de Lagos, Nigéria com o Grupo de Pesquisa EtniCidades: grupo de estudos étnico-raciais em arquitetura e urbanismo do Curso de Pós graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPGAU) da Universidade Federal da Bahia, Salvador, Brasil. A conferência será realizada na Universidade do Estado de Lagos, Lagos, Nigéria de 3 a 7 de fevereiro de 2020. Para mais informações, registro e submissão de resumos, utilize o seguinte link: http://lasu.edu.ng/lasucas/index.php.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
FABIO MACEDO VELAME (Responsável) Docente 01/03/2019 01/03/2020
VILSON CAETANO DE SOUSA JUNIOR Participante Externo 01/03/2019 01/03/2020

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Conservação dos Terreiros Tombados do IPHAN: Omo Ilê Agboulá, Alaketu, Ventura
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: TEORÍA E CRÍTICA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: EXTENSÃO Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/12/2017 Data da Situação: 01/12/2017

Descrição: Termo de Cooperação Técnica firmada entre a FAUFBA e o IPHAN com o objetivo de realização do Projeto de Conservação dos Terreiros Tombados do IPHAN: Omo Ilê Agboulá, Alaketu, Roça do Ventura - Seja Hundé. Com os seguintes objetivos: Realização de Oficinas Gerais de Técnicas Construtivas Tradicionais; Oficinas de Projetos; Obras de Reforma e Conservação; e elaboração de Plano de Conservação Preventiva e Conservativa.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
FABIO MACEDO VELAME (Responsável) Docente 01/12/2017 -
GABRIELA SILVA CORREIA CORDEIRO Discente - Graduação 01/12/2017 -
LUIS GUILHERME CRUZ PIRES Discente - Graduação 01/12/2017 -
MARIELY CABRAL DE SANTANA Participante Externo 01/12/2017 -
NAIA ALBAN SUAREZ Docente 01/12/2017 -
SILVIA PIMENTA D AFFONSECA Participante Externo 01/12/2017 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
INSTITUTO DO PATRIMONIO HISTORICO E ARTISTICO NACIONAL OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 01/12/2017  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/12/2017  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/12/2017  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Criação do Observatório da Produção Imobiliária de Salvador
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: INOVAÇÃO Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2018 Data da Situação: 01/08/2018

Descrição: Propomos a criação do Observatório da Produção Imobiliária de Salvador, articulando, em uma plataforma digital colaborativa na internet, um conjunto de informações, infográficos, cartografias e análises sobre o universo da produção imobiliária de Salvador, licenciada pela Prefeitura Municipal. A qualificação dessas informações e a ampliação da sua publicização, através da plataforma do Observatório, revelam-se estratégicas para coletivizar meios para uma melhor avaliação dos termos e condições nos quais vem se dando as formas de produção da cidade, tanto como para uma avaliação das políticas urbanas subjacentes a tais processos.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
FELIPE DE ANDRADE FONSECA Discente - Graduação 01/08/2018 -
GLORIA CECILIA DOS SANTOS FIGUEIREDO (Responsável) Docente 01/08/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2018  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: CRONOLOGIA DO PENSAMENTO URBANÍSTICO
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/01/2002 Data da Situação: 01/01/2002

Descrição: O projeto de pesquisa Cronologia do Pensamento Urbanístico é realizado desde 2002, tendo como objetivo central contribuir para a construção de uma historiografia do campo urbanismo mais heterogênea. A produção da pesquisa é disponibilizada no site (http://www.cronologiadourbanismo.ufba.br/), plataforma interativa que dispõe para o público os dados relativos aos acontecimentos do campo do urbanismo investigados até então. Nos últimos dois anos, as atividades da Cronologia do Pensamento Urbanístico desenvolvidas pelo Laboratório Urbano têm se estruturado a partir de três campos de debates distintos, porém articulados entre si: em torno do “popular”, da “participação” e do “moderno”. Estes campos de debates foram delineados por aquilo que denominamos pontos de inflexão do pensamento urbanístico, os quais já vêm estruturando o desenvolvimento da pesquisa e foram o foco de pesquisa dos bolsistas de iniciação científica e seus tutores (mestrandos e doutorandos).

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
CICERO MENEZES DA SILVA Discente - Doutorado 25/04/2017 -
CLARA PASSARO GONCALVES MARTINS Discente - Doutorado 04/04/2017 -
ELISA VIEIRA LAGO Discente - Graduação 01/08/2016 -
GABRIEL SCHVARSBERG Participante Externo 01/01/2013 -
JUNIA CAMBRAIA MORTIMER Docente 01/07/2018 -
LEONARDO VIEIRA DE SOUZA Discente - Graduação 01/08/2016 -
MARINA SILVEIRA MUNIZ FERREIRA Discente - Graduação 01/08/2017 -
PAOLA BERENSTEIN JACQUES (Responsável) Docente 01/01/2012 -
THAIS DE BHANTHUMCHINDA PORTELA Docente 02/05/2013 -
THAIS TRONCON ROSA Docente 01/07/2018 -
WASHINGTON LUIS LIMA DRUMMOND Participante Externo 03/03/2017 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/01/2012  
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 01/01/2012  
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/08/2015 31/07/2017
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 01/01/2014  
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 01/01/2003  
FUNDACAO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DA BAHIA BOLSA 01/01/2012  
FUNDACAO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DA BAHIA BOLSA 01/08/2016  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2016  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Cronologia do Pensamento Urbanístico - campos de debates sobre "participação" - [projeto é parte da Cronologia do Pensamento Urbanístico – Laboratório Urbano]
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/07/2016 Data da Situação: 01/07/2016

Descrição: A pesquisa Cronologia do Pensamento Urbanístico vem sendo desenvolvida desde 2003, por uma equipe do Laboratório Urbano coordenada pela Profª Paola Jacques no PPG-AU/FAUFBA, em colaboração com a equipe do Laboratório de Estudos Urbanos no PROURB/FAU-UFRJ coordenada pela Profª Margareth Pereira. A pesquisa tem como objetivo principal o estudo do pensamento contemporâneo sobre o urbanismo, através de um mapeamento das principais teorias urbanísticas, e da análise de seu rebatimento na prática do urbanismo contemporâneo. O presente projeto se apresenta como uma continuidade da pesquisa Cronologia do Pensamento Urbanístico, sendo desenvolvido em conjunto por três professoras pesquisadoras da FAUFBA vinculadas ao Laboratório Urbano. A partir desse mesmo projeto comum, cada uma das pesquisadoras o desdobra em campos de debates distintos, articulados entre si - em torno do moderno (Paola Berenstein Jacques), do popular (Junia Cambraia Mortimer) e da participação (Thaís Troncon Rosa).

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
THAIS TRONCON ROSA (Responsável) Docente 01/07/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2016 01/08/2018

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: CRONOLOGIA DO PENSAMENTO URBANÍSTICO: DEBATE TEÓRICO-METODOLÓGICO
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 08/05/2017 Data da Situação: 08/05/2017

Descrição: O principal objetivo do estágio proposto será possibilitar a realização de uma análise teórica metodológica aprofundada do processo de uma pesquisa ? a Cronologia do Pensamento Urbanístico ? que completará, em 2017, quinze anos de desenvolvimento contínuo, sob a minha coordenação no grupo de pesquisa Laboratório Urbano do PPG-AU/FAUFBA. O principal produto desta pesquisa é o site: http://www.cronologiadourbanismo.ufba.br. Ao longo desses anos temos buscado desenvolver uma forma mais complexa de pensar a história do pensamento urbanístico, um tipo de ?cronologia? que não seja linear e que parta de seus pontos de inflexões e de suas emergências. Dada a densidade de resultados já alcançados até o momento sem, contudo, ter-se acompanhado de uma sistematização teórica e metodológica, visto que o enfoque privilegiado ao longo do desenvolvimento da pesquisa foi a divulgação do conteúdo no site e a formação de jovens pesquisadores, o principal objetivo da análise proposta neste estágio, é situar melhor nosso esforço dos últimos anos, sobretudo dentro dos debates específicos do campo da História, em particular da teoria e metodologia da História. Trata-se portanto, de uma proposta de consolidação dessa pesquisa mas, também, de uma oportunidade de atualização de conhecimentos no campo da História. O estágio será também uma oportunidade para construirmos um plano de colaboração entre o grupo de pesquisa Laboratório Urbano do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da UFBA, e o Centro Interdisciplinar de Estudos sobre Cidade do Programa de Pós-Graduação em História da UNICAMP.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
MARIA STELLA MARTINS BRESCIANI Participante Externo 08/05/2017 -
PAOLA BERENSTEIN JACQUES (Responsável) Docente 08/05/2017 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Desenvolvimento de métodos para auxiliar as etapas de levantamento e geração de modelos BIM de edificações existentes
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: LINGUAGEM, INFORMAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO [URBANISMO]
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 08/05/2017 Data da Situação: 08/05/2017

Descrição: Pesquisa sobre desenvolvimento de métodos para auxiliar as etapas de levantamento e geração de modelos BIM de edificações existentes.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ARIVALDO LEAO DE AMORIM Docente 08/05/2017 -
ERICA DE SOUSA CHECCUCCI Docente 10/07/2018 -
GILBERTO CORSO PEREIRA Docente 08/05/2017 -
NATALIE JOHANNA GROETELAARS (Responsável) Docente 01/07/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 08/05/2017  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: DIÁLOGOS CONTINENTAIS: OUTROS OLHARES SOBRE A EXPERIÊNCIA URBANÍSTICA NA AMÉRICA LATINA, 1920-1960.
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/01/2016 Data da Situação: 01/01/2016

Descrição: O projeto estuda a circulação de idéias no meio profissional latino-americano em um período crucial para a constituição da disciplina e para a redefinição dos rumos da cidade moderna. Ele busca explorar as possibilidades de um outro olhar sobre a história do urbanismo, aprofundando questões ainda pouco (ou ainda não) desenvolvidas pela historiografia, e ao explorar as possibilidades de análises comparativas no plano internacional, valendo-se de duas importantes fontes documentais igualmente pouco trabalhadas: as revistas especializadas publicadas nos países latino-americanos entre os anos 20 e 60 do século passado e três diferentes congressos pan-americanos (o de Arquitetos, de Habitação Popular, e de Municipalidades).

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
JOSE CARLOS HUAPAYA ESPINOZA Docente 04/10/2016 -
LUIZ ANTONIO FERNANDES CARDOSO (Responsável) Docente 01/01/2016 -
NIVALDO VIEIRA DE ANDRADE JUNIOR Docente 01/01/2016 -
RODRIGO ESPINHA BAETA Docente 01/01/2016 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Diálogos Metropolitanos Lima-Salvador
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PROJETO INTERINSTITUCIONAL Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 07/06/2016 Data da Situação: 07/06/2016

Descrição: No ano de 2013, o Prof. Dr. Arq. Marco Aurélio A. de Figueiras Gomes (FAUFBA-Brasil) em parceria com o Prof. Dr. Arq. Wiley Ludeña Urquizo (PUC-Peru) idealizaram e iniciaram o projeto de Pesquisa intitulado Diálogos Metropolitanos Lima_Salvador que teve por objetivo a aproximação e trabalho em conjunto de pesquisadores de ambos os países. O primeiro resultado dessa parceria foi a publicação do livro "Diálogos metropolitanos: Lima_Salvador: Processos históricos e desafios do urbanismo contemporâneo", publicado pela EDUFBA em 2015. Dando continuidade a esse projeto bilateral, interessa-nos, a cada ano, definir e estudar temas similares a ambos contextos urbanos, porém, analisados a partir de olhares diversos

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
GLORIA CECILIA DOS SANTOS FIGUEIREDO Docente 01/07/2018 -
GRISELDA PINHEIRO KLUPPEL Docente 06/08/2016 -
JOSE CARLOS HUAPAYA ESPINOZA (Responsável) Docente 06/08/2016 -
JUAN PEDRO MORENO DELGADO Participante Externo 06/08/2016 -
LUIZ ANTONIO FERNANDES CARDOSO Docente 06/08/2016 -
NAIA ALBAN SUAREZ Docente 06/08/2016 -
NIVALDO VIEIRA DE ANDRADE JUNIOR Docente 06/08/2016 -
PIERO CARAPIA LIMA BAPTISTA Discente - Doutorado 06/08/2016 -
WILEY LUDENA URQUIZO Participante Externo 06/07/2016 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Digitalização dos livros de encomenda de Udo Knoff
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA CONSERVAÇÃO E DO RESTAURO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2017 Data da Situação: 01/08/2017

Descrição: A digitalização do acervo documental pertencente ao Museu de Azulejaria e Cerâmica Udo Knoff será desenvolvida em etapas que contemplam, além do registro de imagens, propriamente dito, a identificação colorimétrica dos desenhos replicados nos documentos. Antes dos deslocamentos entre museu-laboratório-museu, os livros serão embalados, individualmente, e acondicionados em caixas compatíveis em largura, altura e espessura e forradas com material anti-impacto. Uma vez no laboratório, que tem entrada restrita e monitorada, os livros ficarão guardados em ambiente com controle de luz e temperatura, no mesmo local onde serão realizados os trabalhos. Para o desenvolvimento da atividade os livros serão posicionados horizontalmente na estação de imagens, com placa de identificação, escala, cartela de cor e, então, serão fotografados, página por página. Após a conclusão dos registros, ele será retirado da estação e conduzido à mesa onde a avaliação colorimétrica dos pigmentos será realizada. Os arquivos digitais de cada livro serão produzidos em formatos RAW e JPEG, guardados em pastas nomeadas com a sigla de identificação adotada pelo Museu Udo Knoff e, até a finalização do trabalho, por segurança, armazenados em suportes variados, tais como CD, DVD, pendrive e ambiente virtual (nuvem).

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ELIANA URSINE DA CUNHA MELLO Discente - Doutorado 01/08/2017 -
MÁRIO MENDONCA DE OLIVEIRA (Responsável) Docente 01/08/2017 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/08/2017  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Diógenes Rebouças: Arquitetura, cidade e patrimônio
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: RESTAURAÇÃO, CONSERVAÇÃO E GESTÃO DOS BENS PATRIMONIAIS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/01/2014 Data da Situação: 01/01/2014

Descrição: Descrição: Este projeto tem como objetivo resgatar a importância da obra do arquiteto e urbanista baiano Diógenes Rebouças (1914-1994), no marco do seu centenário de nascimento. O projeto contempla a criação e publicação do site www.diogenesreboucas.com.br, no ar desde maio de 2014, mesas redondas temáticas sobre a produção de Rebouças, visitas guiadas às suas obras localizadas em Salvador e realização de uma oficina com estudantes de graduação em arquitetura e urbanismo, entre abril e novembro de 2014, para a digitalização dos desenhos originais dos seus projetos e para a elaboração de maquetes físicas e virtuais que comporão a exposição homônima que acontecerá no Teatro Castro Alves, em Salvador, a partir de novembro de 2014. O projeto é co-promovido pelo Instituto de Arquitetos do Brasil - Departamento da Bahia (IAB-BA) e pela Odebrecht e conta com o apoio de diversas instituições federais, estaduais e municipais. Conta também com apoio financeiro da Reitoria da UFBA, através da concessão de 8 bolsas-estágio institucionais; do Programa de Apoio a Pesquisadores Emergentes da UFBA (PRODOC/UFBA), através de projeto selecionado em edital (Projeto n. 5827, aprovado no Edital PROPCI-PROPG/UFBA 04/2013 - PRODOC/UFBA); e das Secretarias de Cultura e Fazenda do Estado da Bahia e do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia - IPAC-BA, através do de projeto selecionado em edital do Fundo de Cultura (Proposta n. 6752, aprovada no Edital n. 16/2013 - Patrimônio Cultural, Arquitetura e Urbanismo 2014).

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
JULIANA CARDOSO NERY Docente 01/08/2018 -
NIVALDO VIEIRA DE ANDRADE JUNIOR (Responsável) Docente 01/07/2014 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 01/01/2014  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Direito à Cidade nas dinâmicas ciberneticamente mediadas
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/01/2016 Data da Situação: 01/01/2016

Descrição: O Direito à Cidade é um processo histórico que no Brasil engendrou o agenciamento de múltiplas ações de movimentos sociais, partidos políticos e academia. Esse agenciamento foi institucionalizado no Estatuto da Cidade em 2001 e legalizou no país uma agenda política em prol da valorização do uso social das cidades brasileiras para além do valor de troca, ou seja, a sociedade brasileira instituiu uma política que privilegia interesses coletivos frente os privados, e entende a cidade não apenas como mercadoria, mas como espaço que deve ser produzido para a vida. Entretanto nossa sociedade passou por uma acelerada transformação, de uma sociedade industrial passamos para a sociedade de consumo e espetacularização ou sociedade pós-industrial. Mas as transformações não cessam e atualmente nos deparamos com a constatação de estarmos já em uma sociedade pós-humana. O vetor de desenvolvimento baseado na tecnologia industrial agregou-se aos das comunicações e essa se somou aos sistemas e mecanismos de controle automático, regulação e comunicação entre seres vivos e máquinas. A transformação dos objetos técnicos trazem novas questões para a sociedade e para o Direito à Cidade. Os partidos políticos e os movimentos sociais hoje disputam as políticas de produção do espaço com os coletivos, as ações políticas se transformam com e nas configurações sociotécnicas das tecnologias digitais mediadas nas e pelas dinâmicas da política no espaço cibernético e o que se entendia como o necessário para a vida coletiva, o acesso ao uso do solo e à infraestrutura urbana já não bastam. Essa pesquisa busca entender essas transformações do agir político e a construção das novas pautas para o Direito à Cidade no Brasil, neste contexto da sociedade pós-humana que vive a era do Antropoceno.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
MATHEUS CALDAS TANAJURA Discente - Mestrado 02/04/2018 -
THAIS DE BHANTHUMCHINDA PORTELA (Responsável) Docente 01/01/2016 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Discursos Políticos das Resistências no Pensamento Urbanístico Contemporâneo
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/01/2013 Data da Situação: 01/01/2013

Descrição: A pesquisa Discursos Políticos das Resistências no Pensamento Urbanístico Contemporâneo é um recorte de outra pesquisa maior, a Apreensão sobre as Políticas Hegemônicas e de Resistências no Pensamento Urbanístico Contemporâneo . O objetivo da pesquisa maior é trazer uma reflexão sobre as diferentes práticas atuais de resistência que surgem a partir da intervenção no espaço urbano contemporâneo, práticas essas se que se articulam para além dos movimentos sociais urbanos. Entendemos que essas intervenções urbanísticas sempre se atrelam a determinados modelos urbanísticos institucionalizados pela disciplina Urbanismo e estes modelos se coadunam com um pensamento/poder hegemônico e são, por isso, replicados por todos os lugares de tal modo que fazem emergir as resistências. Os modelos seguem determinados paradigmas, já encontrados e inicialmente trabalhados na pesquisa Apreensão sobre as Políticas Hegemônicas e de Resistências no Pensamento Urbanístico Contemporâneo e foram classificados a partir de quatro eixos de discursos: o desenvolvimentismo, a participação, a sustentabilidade e a cultura. É a partir do encontro com estes eixos que percebemos a necessidade de recortar a pesquisa maior em outra que trate da historiografia destes paradigmas: como e quando surgiram, quais foram as condições históricas e sociais que permitiram estes emergirem e serem apropriados enquanto paradigmas. É neste recorte que situamos o objetivo geral da pesquisa Discursos Políticos das Resistências no Pensamento Urbanístico Contemporâneo.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
THAIS DE BHANTHUMCHINDA PORTELA (Responsável) Docente 01/03/2013 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: DISTANCIAMENTO COMO FORMA DE APROXIMAÇÃO. Apontamentos metodológicos multidisciplinares na formação acadêmica em Arquitetura e Urbanismo: artes visuais e literatura.
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 02/04/2018 Data da Situação: 02/04/2018

Descrição: Procura relacionar, por um lado, o fato de que as novas tecnologias aportaram fortes dispositivos de informação e representação nos processos de produção de conhecimento e proposições projetuais em Arquitetura e Urbanismo. Baseados na superabundância de informação e representação, estas contribuições se caracterizam por uma abordagem teórica e prática fortemente baseada em dispositivos de simulação da realidade. Essa abordagem aparentemente mais objetiva, no entanto, tem trazido certo distanciamento em relação aos aspectos mais essenciais e centrais no processo do ensino e da prática em Arquitetura e Urbanismo. Esta proposta de pesquisa visa portanto compreender de que maneira a adoção de uma visão mais distanciada, pode oferecer uma reaproximação e um maior foco em relação ao objeto disciplinar propriamente dito. Ou seja, uma melhor compreensão da condição inseparável entre pensamento, ação e materialidade como uma das características fundamentais da produção teórica e prática em Arquitetura e Urbanismo. Como forma de entender melhor esse processo de distanciamento, que atribuímos ao aparente processo de aproximação favorecido pelas novas tecnologias da informação e representação, sugerimos a investigação e acompanhamento sobre aportes metodológicos aparentemente menos objetivos, , estariam possibilitando uma maior aproximação aos aspectos centrais do processo de ensino em Arquitetura e Urbanismo. Sendo assim, remetemos àquilo que consideramos formas de distanciamento que auxiliam numa forma de aproximação a esses aspectos centrais, como forma de recompor o foco objetivo disciplinar. São considerados, portanto, como formas de distanciamento que aproximam, a utilização dos recursos interdisciplinares e multidisciplinares, derivados das artes visuais [cinema, teatro, performance, fotografia, etc] e da literatura [contos, novela, poesia, narrativas, etc], como forma de apoio na recuperação e compreensão dos conceitos centrais necessários para a formação de arquitetos e urbanistas.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
FRANCISCO DE ASSIS DA COSTA (Responsável) Docente 02/04/2018 -
MARIANA RIBAS CORDEIRO Participante Externo 02/04/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 02/04/2018  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Do edifício de uso misto ao edifício híbrido na América Latina: arquitetura e cidade
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2017 Data da Situação: 01/08/2017

Descrição: O objetivo desta investigação é estudar certas especificidades de edifícios de uso misto projetados e construídos durante os anos 1940, 1950 e 1960 em seis grandes centros urbanos da América Latina: Caracas, Ciudad del México, São Paulo, Buenos Aires, Bogotá e Lima. Parte-se do pressuposto que processos simultâneos de urbanização, industrialização e metropolização - experimentados durante estas décadas nestas cidades - definiram uma problemática urbana minimamente semelhante marcada, entre outras coisas, pela demanda por certos serviços que se materializou em edifícios de uso misto por meio da iniciativa privada, Esta pesquisa apoia-se na hipótese inicial que a rápida urbanização dos grande centros urbanos da América Latina na segunda metade do século 20, associado a um processo de modernização de viés desenvolvimentista, afetou diretamente a produção arquitetônica, não unicamente desde um ponto de vista técnico, mas também programático, estimulando um proces-so de verticalização crescente durante esses anos, localizado na primeira área de expansão destas cidades e marcado por edifícios complexos caracterizado pela so-breposição de usos, em especial: serviços, comercio e habitação. Entre as especificidades destes edifícios destaca-se, a priori, a potencialidade de redefinição da ?cota zero? da cidade por meio das suas plantas térreas, na medida em que induziram o acesso ao seu interior como mecanismo de fomento ao comércio e como consequência poten- cializaram parte da utilização destas áreas como espaço público.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ABILIO DA SILVA GUERRA NETO Participante Externo 01/08/2017 -
FERNANDO LUIZ CAMARGOS LARA Participante Externo 01/08/2017 -
MARCIO COTRIM CUNHA (Responsável) Docente 01/08/2019 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/03/2018  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Do restaura à recriação: As diversas possibilidades de intervenção no patrimônio construído
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: RESTAURAÇÃO, CONSERVAÇÃO E GESTÃO DOS BENS PATRIMONIAIS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2018 Data da Situação: 01/03/2018

Descrição: O interesse pelas questões da preservação do patrimônio cultural no Brasil por muito tempo se manteve como preocupação de pouquíssimos, entre indivíduos e instituições, mesmo depois da criação do SPHAN, atual IPHAN, em finais dos anos 30 – e assim se manteve em representativa parcela do século XX. Com a condição dada a algumas obras e/ou conjuntos brasileiros declarados Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, a partir dos anos 80, inicia-se um movimento de ampliação e crescimento dos interessados pela preservação que vem ganhando ainda maiores incrementos nessas últimas décadas. Se por um lado é animador acompanhar esse movimento de valorização das demandas da preservação, por outro é bastante preocupante o pouco conhecimento, para não dizer completo despreparo, que muitos que se arvoram a atuar nessa área revelam – tanto em posicionamentos teóricos como em ações práticas nas diferentes escalas e objetos da salvaguarda do patrimônio, do material ao imaterial. Parece nos dias de hoje – eventualmente com algumas louváveis exceções – que qualquer ação sobre uma preexistência de interesse de preservação vem sendo nomeada como restauro e que dentro dessa então alargada categoria se estabeleceriam graus variantes de restauração. Esse tipo de entendimento vem criando complicados posicionamentos que, em alguns casos extremos, levam a completa descaracterização do objeto de preservação sem nenhuma consciência do que se está realmente criando. Frequentemente, referenciais teóricos são equivocadamente aplicados ou outros descartados, não por seu esgotamento, mas pela inadequação de seu uso ao objeto em questão. E é, nesse momento, que nos parece ainda mais necessário o debate de caráter teórico que nos permita minimamente estabelecer as bases e condições de embate. Esse trabalho tem então por objetivo tratar de uma pontual, porém central, discussão da área, voltada especificamente para o princípio guia das intervenções projetuais em patrimônios edificados, sejam eles edifícios isolados ou conjuntos históricos.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ALINE DE CARVALHO LUTHER Discente - Doutorado 01/03/2018 -
ANA GABRIELA WANDERLEY SORIANO Discente - Doutorado 01/03/2018 -
FEDERICO CALABRESE Egresso - Doutorado 01/10/2018 -
JULIANA CARDOSO NERY Docente 05/08/2018 -
NIVALDO VIEIRA DE ANDRADE JUNIOR Docente 01/03/2018 -
RODRIGO ESPINHA BAETA (Responsável) Docente 01/03/2018 -
TATIANA DE CARVALHO COSTA Discente - Doutorado 01/03/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/08/2018  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Docomomo Bahia
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: RESTAURAÇÃO, CONSERVAÇÃO E GESTÃO DOS BENS PATRIMONIAIS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/01/2009 Data da Situação: 01/01/2009

Descrição: ATIVIDADE DE PESQUISA Núcleo DOCOMOMO BAHIA Objetivo Principal: Dar continuidade às atividades do núcleo de pesquisa DOCOMOMO-Bahia, por mim coordenado desde o afastamento da Profa. Dra. Anna Beatriz Galvão, no princípio de 2009. Objetivos Secundários: Continuar com a organização e digitalização do acervo e com a elaboração de fichas mínimas seguindo as diretrizes propostas pelo DOCOMOMO INTERNACIONAL; ampliar o acervo do núcleo; fomentar a participação de pesquisadores (graduandos, mestrandos e doutorandos); trabalho crítico sobre a implementação e sobre a preservação da arquitetura e do urbanismo modernos em Salvador; realização de publicações; atos em defesa da arquitetura e urbanismo modernos - divulgação e denúncia.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANNA BEATRIZ AYROZA GALVAO Participante Externo 01/01/2014 -
CEILA ROSANA CARNEIRO CARDOSO Participante Externo 05/08/2016 -
JOSE CARLOS HUAPAYA ESPINOZA (Responsável) Docente 05/08/2016 -
MARCIO COTRIM CUNHA Docente 01/08/2019 -
NIVALDO VIEIRA DE ANDRADE JUNIOR Docente 05/08/2016 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Documentação, memória e perspectivas para o Museu de Ciência e Tecnologia da Bahia
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: RESTAURAÇÃO, CONSERVAÇÃO E GESTÃO DOS BENS PATRIMONIAIS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 08/05/2017 Data da Situação: 08/05/2017

Descrição: O projeto de pesquisa, tem como principal objetivo entender o processo de construção do museu como como equipamento público de educação não formal, de cultura e de lazer, desde sua criação, enquanto uma ideologia a ser implantada, a sua inauguração, em 1979, bem como o andamento de suas antigas gestões ? SEPLANTEC (de 1979 e 1995) e UNEB (1995-2013) ? até seu fechamento e abandono em 2010, e a nova proposta da SECTI para sua reabertura. Pretende-se, com isso, estudar as questões de suas diferentes gestões e intermitência, além de sua apropriação e valorização, ou não, do entorno pelas comunidades vizinhas.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
GRISELDA PINHEIRO KLUPPEL (Responsável) Docente 08/05/2017 -
ISADORA NOVAES SCHEFLER BARBOSA COSTA Discente - Doutorado 08/05/2017 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: ENSINO DE ARQUITETURA NA UNIVERSIDADE PUBLICA BRASILEIRA
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: TEORÍA E CRÍTICA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 08/05/2017 Data da Situação: 08/05/2017

Descrição: Pesquisa sobre o ensino de arquitetura na universidade pública brasileira.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
NAIA ALBAN SUAREZ (Responsável) Docente 08/05/2017 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo - CURIAR
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: EXTENSÃO Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 02/04/2018 Data da Situação: 02/04/2018

Descrição: A proposta consiste no desenvolvimento de projetos urbanísticos na Comunidade do Binóculo, localizada nas proximidades da Faculdade de Arquitetura. O trabalho de aproximação, que vem sendo realizado pelo Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo – CURIAR, e o entendimento da realidade deste local apontaram dois eixos de atuação, baseados nas principais carências da Comunidade. O primeiro refere-se à questão do saneamento básico, visto que os moradores enfrentam adversidades associadas ao descarte equivocado do lixo, assim como drenagem e esgotamento ineficientes. Esta constatada realidade acarreta problemas de insalubridade e submete o cidadão a inadequadas condições de sobrevivência. O segundo eixo está relacionado ao não cumprimento das condições mínimas de acessibilidade, previstas pelas legislações especificas, devido à falta de adequação das calçadas, escadas, rampas, sinalizações, dentre outros elementos, relacionados à circulação do cidadão. Tem-se, portanto, como objetivo geral propor soluções arquitetônicas e urbanísticas, tendo como referencial a tríade da sustentabilidade (comunidade socialmente justa, ambientalmente equilibrada e economicamente viável), no que diz respeito à requalificação urbana voltada para acessibilidade e planejamento da gestão dos resíduos, atendendo assim, essas demandas na Comunidade do Binóculo. Além dos objetivos gerais já mencionados, há outros correlatos: promover ações de integração entre comunidade e universidade; ampliar os conhecimentos teóricos e práticos dos estudantes envolvidos; propiciar melhorias urbanas para a comunidade; contribuir para a elevação do senso crítico e desenvolvimento da noção de cidadania dos moradores, entre outros.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANA CLARA OLIVEIRA DE ARAUJO Discente - Graduação 02/04/2018 -
CAROLINE SANTOS REIS Discente - Graduação 02/04/2018 -
GABRIELA LEANDRO PEREIRA (Responsável) Docente 01/07/2018 -
ISAQUE SANTOS PINHEIRO Discente - Graduação 02/04/2018 -
ITALO SANTANA SANTOS Discente - Graduação 02/04/2018 -
MARIA LUIZA FREITAS ROCHA Discente - Graduação 02/04/2018 -
MARIANA RIBEIRO PARDO Discente - Graduação 02/04/2018 -
MILENA DOS SANTOS SILVA Discente - Graduação 02/04/2018 -
PAULA MILENA SILVA LIMA Discente - Graduação 02/04/2018 -
TAINA OLIVEIRA DOS SANTOS Discente - Graduação 02/04/2018 -
THALIA SANTOS SILVA Discente - Graduação 02/04/2018 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: ESPAÇOS LIVRES COMUNITÁRIOS COMO ELEMENTOS DE EMPODERAMENTO DA COMUNIDADE
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/02/2019 Data da Situação: 01/02/2019

Descrição: Este projeto, que contempla atividades de pesquisa e extensão, é desenvolvido, desde fevereiro de 2018, dentro do grupo de pesquisa Lugar Comum. O objetivo principal é investigar como o processo de implantação e consolidação de um espaço livre comunitário pode interferir no processo de empoderamento da comunidade do entorno. Nestes dois primeiros anos, estamos desenvolvendo o projeto no bairro de Saramandaia, especificamente devido a implantação de um novo espaço livre nesta comunidade, que foi inaugurado em fevereiro de 2020. Como complementação da metodologia adotada, são objetivos específicos traçados: (i) conhecer e examinar criticamente conceitos, princípios e técnicas relacionados aos processos de empoderamento e as metodologias participativas de projeto, execução e gestão; (ii) Investigar possibilidades de utilização dessas metodologias no processo de implantação dos espaços livres, tais como, inserção de novos mobiliários urbanos e o uso de tecnologias sócias, que ajudem no processo de articulação da comunidade com o novo espaço livre, principalmente relacionado à necessidade de manutenção e gerenciamento da área; (iii) Entender a estrutura urbana da área e analisar as mudanças ocorridas no entorno desses espaços; (iv) Possibilitar a inserção dos bolsistas e pesquisadores integrantes do projeto na pratica da pesquisa aplicada;

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ADRIANA NOGUEIRA VIEIRA LIMA Egresso - Doutorado 01/02/2019 -
AKEMI TAHARA Discente - Doutorado 01/02/2019 -
ALINE MARIA COSTA BARROSO (Responsável) Docente 01/02/2019 -
ANDREZA DOS SANTOS SILVA Discente - Graduação 01/02/2019 -
CLEITON MARQUES DE JESUS SOUZA Discente - Graduação 01/02/2019 -
JASMINE ROSA SANTIAGO Discente - Graduação 01/02/2019 -
LAIS BARRA LEITAO Discente - Mestrado 01/02/2019 -
LUCAS PEREIRA SILVA Discente - Graduação 01/02/2019 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/02/2019  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/02/2019  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Estabelecendo requisitos para a Modelagem da Informação da Cidade (CIM)
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: LINGUAGEM, INFORMAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO [URBANISMO]
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/02/2018 Data da Situação: 01/02/2018

Descrição: A Modelagem de Informações da Cidade ou City Information Modeling (CIM) pode ser apontada como uma extensão do conceito de Building Information Modeling (BIM) para o espaço urbano. Obviamente, também é uma abordagem que combinar a Modelagem da Informação da Construção (BIM) com os Sistemas de Informações Geográficas ou Geographic Information Sistems (GIS) para representar a geometria e a semântica dos modelos aplicáveis às cidades do futuro. Dada a crescente complexidade urbana, os profissionais que trabalham com a infraestrutura da cidade precisam de novos recursos para atender às necessidades de planejamento, projeto, construção e gerenciamento dos ativos urbanos e a renovação desses. Neste contexto, tecnologias, ferramentas, sistemas e padrões foram propostos para enfrentar a demanda urbana por novos serviços, a expansão e a melhoria dos mesmos, visando reduzir custos e garantir padrões de qualidade. Dentre os recursos disponíveis para o enfrentamento das demandas urbanas estão o Sistema de Informação Geográfica (SIG), Geographic Markup Language (CityGML), ferramentas para projetos com o Computer Aided Design (CAD), a Modelagem da Informação da Construção, a simulação numérica, o Computer Aided Facilities Management (CAFM) e, mais recentemente, surge o conceito de Modelagem da Informação da Cidade (CIM). Buscando contribuir para a explicitação desse novo paradigma, promover uma ampla discussão e estabelecer requisitos para a Modelagem da Informação da Cidade, este projeto de pesquisa combina três fatores essenciais para a sua implementação: Captura de dados geométricos 3D dos diversos tipos de elementos urbanos, através de Dense Stereo Matching (DSM) ou Structure for Motion (SfM) ou ainda, varredura a laser; Modelagem de dados 3D, incluindo geometria e informações semânticas, empregando padrões internacionais e abertos para a modelagem de dados como o Industry Foundadion Classes (IFC) e City Geography Markup Language (CityGML) e Gerenciamento de dados 3D empregando recursos de bancos de dados espaciais como o PostGIS ou o QGIS (Quantum GIS). Como uma etapa preliminar para o conceito de Cidades Inteligentes ou Smart Cities, a Modelagem da Informação da Cidade é uma promessa para o futuro, uma vez que há muitas questões em aberto que vão desde aspectos conceituais, tecnológicos e operacionais, até questões políticas, econômicas e estratégicas. Se a implementação do CIM representa um grande desafio a ser superados nos próximos anos, os desafios já colocados para as cidades do século XXI são ainda maiores. No que pese o desenvolvimento da Modelagem da Informação da Cidade em um ambiente econômico crítico e de incertezas, suscitar muitas dúvidas sobre sua viabilidade ou oportunidade, questões como a crise da água, da energia e da mobilidade urbana, dentre várias outras, coloca essa discussão em uma posição de destaque que não deveria ser adiada. Embora seja um termo surgido recentemente, existe uma vasta conceituação para City Information Modeling (CIM), ou Modelagem da Informação da Cidade, caso seja mantida a analogia terminológica com Building Information Modeling (BIM), que foi traduzido e adotado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), como Modelagem da Informação da Construção, como também apontam Corrêa e Santos (2015). Autores como Gil, Beirão, Montenegro e Duarte (2010); Hisham (2010); Gil, Almeida e Duarte (2011), e Stojanovski (2013), dentre vários outros, conceituaram o CIM. Entretanto, esses autores consideram apenas determinados aspectos, ou seja, um subconjunto das questões envolvidas numa eventual implementação para a Modelagem da Informação da Cidade. Já autores como Schiefelbein e colaboradores (2015), descrevem o desenvolvimento de um modelo CIM para suportar o gerenciamento de dados e a análise de sistemas prediais de energia dentro de bairros complexos, numa abordagem muito particular e que envolve o retrofit urbano. Por outro lado, Amorim (2015) considera que, embora sejam importantes essas definições postas em discussão até então pelos diversos autores para o estabelecimento desse novo paradigma, elas não são suficientemente abrangentes para dar conta da complexidade do CIM, que envolve questões tão diversas quanto o planejamento, o projeto, a construção, a gestão dos ativos urbanos, bem com a expansão e a renovação dos mesmos. Neste sentido, procurando contribuir para estabelecimento de uma conceituação mais precisa e abrangente para o CIM, e mesmo o entendimento das questões postas, no contexto deste projeto, o conceito de City Information Modeling será analisado a partir de duas premissas que aparecem na literatura que trata do tema: o City Information Modeling (CIM) é uma extensão ou uma analogia do conceito de Building Information Modeling (BIM) aplicado às cidades, e o CIM está para a cidade assim como o BIM está para a edificação. Isto posto, a discussão avança a partir desses pressupostos, no sentido do estabelecimento de alguns requisitos que possam levar à implementação de sistemas que viabilizem num futuro próximo a Modelagem da Informação da Cidade. Analogamente ao BIM, nesse processo pelo menos três aspectos devem ser observados: a necessidade da formular o conceito de CIM de forma clara e abrangente e de harmonizá-lo com outros conceitos correlatos; a imprescindível caracterização dos diversos processos envolvidos na cidade e por conseguinte a definição dos requisitos a serem atendidos pelo modelo CIM, e o estabelecimento de modelos e padrões para o modelo CIM, bem como o desenvolvimento das tecnologias que lhe darão o suporte operacional. Embora a discussão sobre a Modelagem da Informação da Cidade esteja cada vez mais presente na literatura técnica e nos diversos fóruns de debates, nem mesmo a sua conceituação está plenamente estabelecida, como citado anteriormente. Nesse sentido, o CIM pode ser entendido com uma aposta para o futuro, ainda por ser viabilizada. Nesse sentido, este projeto pretende contribuir em aspectos teóricos-conceituais e práticos-experimentais visando o estabelecimento de requisitos de modo a contribuir para a explicitação e desenvolvimento do paradigma CIM, esta proposta de trabalho elenca alguns fatores, que na visão dos proponentes, são essenciais para o estabelecimento de uma conceituação clara e abrangente e, por conseguinte, contribuir para a adoção do paradigma. A idéia por trás deste projeto pesquisa é estabelecer requisitos para a construção um protótipo de modelo CIM de um trecho urbano baseado em captura de dados geométricos usando técnicas e métodos geomáticos de última geração. A abordagem para o modelo de informações semânticas será focada na combinação de City Geography Markup Language (CityGML), um padrão de dados para 3D GIS e Industry Foundation Classes (IFC), um padrão de dados para Building Information Modeling (BIM). Finalmente, a implementação de gerenciamento de dados será baseada no software aberto PostGIS que permite o acesso a dados georreferenciados. Neste aspecto, a contribuição do padrão CityGML pode ser de grande valor para a estruturação do modelo CIM e dos seus componentes, ou modelos parciais de subsistemas, mais ou menos independentes. À sua semelhança deverá ser modular, prevendo a modelagem em múltiplas escalas, facilitando as visualizações e as análises de amplas partes do território para as finalidades de planejamento e monitoramento, mas também possibilitando a visão detalhada dos elementos urbanos para fins de projeto, construção ou manutenção. O modelo Open CIM deverá ser formado por conjunto de modelos parciais ou subsistemas urbanos, articulados e interdependentes, capazes de representar os diversos subsistemas e permitir os diversos tipos de operações sobre eles, mantendo a sua integridade, à semelhança do que ocorre com o modelo BIM. O modelo CIM deverá ter total compatibilidade com os modelos BIM, na medida em que ambos os modelos deverão ser implementados a partir do padrão IFC5. Entretanto, prevê se a convergência dos padrões CityGML e IFC para um só padrão, ou dois padrões totalmente compatíveis, capaz de representar objetos grandes e pequenos, simples ou complexos, permitindo os mais diversos tipos de operações sobre eles. Nesse sentido, o recurso ifcAlignment, um elemento essencial para a modelagem de rodovias, ferrovias, pontes e túneis no padrão IFC5, já vem sendo desenvolvido em conjunto com a OGC (BUILDINGSMART, 2015). Desta forma, o protótipo CIM deverá ser implementado considerando-se três aspectos: os conceitos relativos às aplicações ou ao mundo real, como: o planejamento, o projeto, a construção, a operação, a manutenção e outros aspectos relacionados às cidades; o modelo conceitual de informação que mapeia os objetos, bem como os processos que lhes são imputados pelas aplicações urbanas a serem atendidas pelo CIM, e a implementação ou a codificação das estruturas de dados capazes de representar os diferentes tipos de objetos, com suas geometrias, propriedades, relações e estados, considerando as necessidades de compartilhamento, interoperabilidade, confiabilidade e segurança. Como pode ser observado ao logo da discussão, a questão da Modelagem da Informação da Cidade é um tema atual, relevante e complexo, que apresenta um grande número de desafios de ordem tecnológica, operacional, financeira e política, ainda por serem superados. Enquanto o BIM representa um paradigma bem fundamentado conceitualmente, dotado de uma ampla base tecnológica com aplicações cada vez mais sofisticadas e com larga utilização nos países mais desenvolvidos. Este paradigma apresenta-se como uma tendência irreversível, cujas questões em aberto estão sendo encaminhadas. Assim, uma pesquisa que procure contribuir para um melhor entendimento dos aspectos conceituais e avançar na solução de problemas práticos visando a adoção da Modelagem da Informação da Cidades assume importância fundamental, visto que as tecnologias que serão empregas são muito recentes e estão em franco desenvolvimento, e os padrões

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANA PAULA CARVALHO PEREIRA Participante Externo 01/02/2018 -
ANDREA VERRI BASTIAN Discente - Doutorado 01/02/2018 -
ARIVALDO LEAO DE AMORIM (Responsável) Docente 01/02/2018 -
ERICA DE SOUSA CHECCUCCI Docente 10/07/2018 -
FABIANO MIKALAUSKAS DE SOUZA NOGUEIRA Discente - Doutorado 01/02/2018 -
FELIPE TAVARES DA SILVA Docente 01/02/2018 -
FERNANDO FERRAZ RIBEIRO Participante Externo 01/02/2018 -
GILBERTO CORSO PEREIRA Docente 01/02/2018 -
IRAN CARLOS CARIA SACRAMENTO Discente - Doutorado 01/02/2018 -
LORENA CLAUDIA DE SOUZA MOREIRA Participante Externo 01/02/2018 -
MARTIN BREUNIG Participante Externo 01/02/2018 -
MAURO JOSE ALIXANDRINI JUNIOR Participante Externo 01/02/2018 -
NATALIE JOHANNA GROETELAARS Docente 01/02/2018 -
Paul Vincent Kuper Participante Externo 01/02/2018 -
ROBERTA PINTO TELES Discente - Doutorado 01/02/2018 -
THOMAS VÖGTLE Participante Externo 01/02/2018 -
YSE MARIA VINHAES DANTAS Participante Externo 01/02/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 01/02/2018  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Estado de Violência: uma nova perspectiva para a segregação socioespacial nas cidades
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: TEORÍA E CRÍTICA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 15/10/2017 Data da Situação: 15/10/2017

Descrição: Esta proposta de estudos pós-doutoral procura articular o campo da Arquitetura e Urbanismo com o do Direito - especialmente os Direitos Fundamentais. Ela busca avançar nas pesquisas que tenho desenvolvido nos últimos cinco anos, no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia, que buscaram observar processos políticos e simbólicos associados aos mega empreendimentos urbanos das cidades contemporâneas tomando por referência o direito dos cidadãos à cidade, aprofundando, agora, a análise do espaço construído das cidades, como expressão de um regime securitário de proteção civil que se contrapõe à proteção da cidadania e dos direitos à cidade, assentados em valores da dignidade da pessoa humana e do Estado democrático de direito.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANY BRITO LEAL IVO (Responsável) Docente 15/10/2017 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Execução de Ações de Conservação nos Terreiros Seja Hunde - Roça do Ventura (Cachoeira), Ile Omo Agboula (Itaparica), Ile Maroialaji - Terreiro do Alaketu (Salvador).
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: RESTAURAÇÃO, CONSERVAÇÃO E GESTÃO DOS BENS PATRIMONIAIS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 08/05/2017 Data da Situação: 08/05/2017

Descrição: O projeto visa possibilitar a parceria entre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e a Universidade Federal da Bahia, com o objetivo executar ações de conservação dos três Terreiros mencionados. A escolha dos três terreiros vem da demanda de ações urgentes e concretas relacionadas a riscos atuais desses bens que, entretanto, deverão ser analisadas e enfrentadas de maneira sistêmica para prever e minimizar riscos futuros. Desta experiência, pretende-se estabelecer um procedimento de ação para todos os terreiros tombados ou em fase de tombamento, através do Plano de Conservação realizado no desenvolvimento das ações. Um projeto de pesquisa (com dimensões tanto de ensino como de extensão) que tem como objetivo garantir a troca de conhecimentos entre as comunidades de terreiros, a comunidade acadêmica, o IPHAN e outros agentes, tais como equipes das prefeituras municipais; buscando o estabelecimento de ações que possibilitem sua execução pelas próprias comunidades dos terreiros, com vistas à sustentabilidade social, ambiental e econômica para conservação dos terreiros.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
DANIEL MAROSTEGAN E CARNEIRO Discente - Doutorado 02/04/2018 -
FABIO MACEDO VELAME (Responsável) Docente 08/05/2017 -
MARIELY CABRAL DE SANTANA Participante Externo 08/05/2017 -
NAIA ALBAN SUAREZ Docente 08/05/2017 -
SILVIA PIMENTA D AFFONSECA Participante Externo 08/05/2017 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Festival Internacional de Capoeira Regional UTRA (União, Tradição, Respeito e Amizade)
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: EXTENSÃO Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2019 Data da Situação: 01/03/2019

Descrição: O Festival Internacional de Capoeira Regional UTRA (União, Tradição, Respeito e Amizade) 2019 têm como objetivo dar visibilidade a territórios e centros de prática da capoeira nos bairros periféricos da cidade do Salvador formentando a sua prática entre jovens e adolescentes, combatendo o racismo em espaço urbano e propiciando a utilização do ensino da capoeira como um instrumento de formação de cidadãos e ao mesmo tempo tensionando a cidade como um lugar de disputa, conflitos, apropriações e ressignificações.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
FABIO MACEDO VELAME (Responsável) Docente 01/03/2019 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Formas de habitar os vazios patrimoniais herdados: um olhar para a América Latina
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: RESTAURAÇÃO, CONSERVAÇÃO E GESTÃO DOS BENS PATRIMONIAIS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2019 Data da Situação: 01/03/2019

Descrição: A crise na produção de arquitetura tensiona esta pesquisa, que busca encontrar possibilidades de ampliação do papel do arquiteto na complexa sociedade contemporânea. Neste contexto, destaca-se a existência de um deslocamento da ação profissional para além do lugar estabelecido pelo movimento moderno de arquitetura – movimento que, pela primeira vez, ganha expressão mundial. Entretanto, percebe-se que a crise se configura de maneira diferenciada nos países centrais e nos periféricos. Neste trabalho, os países centrais são considerados como uma importante referência, não com o intuito de copiá-los, mas por se constituírem em uma baliza. O enfoque está voltado para os países periféricos, mais especificamente para a América Latina. Nesta parte do mundo, fica evidente a predominância da informalidade, determinando a distorção da promessa de modernidade, trazida pelo processo de colonização sociocultural. A ação da informalidade, dentre outras coisas, como produtora de cidade. É através dos Coletivos Urbanos [hackers da lógica urbana estabelecida] que se firma a procura por uma aproximação às alternativas, tecnologias ressignificadas, simplificadas e de domínio do senso comum. Trata-se, portanto, de um ambiente fértil para a experimentação universitária. Para o desenvolvimento das pesquisas sobre a crise da Arquitetura, no âmbito da sua abrangência social. O presente estudo parte de uma perspectiva contemporânea, que vai além da arquitetura historicamente voltada para a produção formal das cidades. E visa se aprofundar na busca pela incorporação de todo o espaço construído como seu foco de atuação e não apenas uma parte deste todo. Ressalta-se, ainda, o enfoque específico no que ocorre nos centros históricos dos países periféricos. A escolha da Escola Técnica Superior de Arquitetura da Universidade Politécnica de Madri-ETSAM-UPM se deu pelo fato desta instituição constituir-se em um ambiente de convergência na aproximação com a América Latina. Ela atua como um caleidoscópio de relações construídas entre a Espanha e os países hispano-americanos, relações estas que vão ganhando nuances diversas, nos vários momentos históricos, indo da imposição de uma conquista territorial – e construção da cidade ideal do “Novo Mundo” enquanto colônia – às complexas relações comerciais, econômicas e culturais como países independentes e de personalidades diversas. A pertinência da definição da ETSAM como lugar de convergência pode ser percebida a partir da observação de sua produção acadêmica, que resultou, não por acaso, na estruturação, em 2010, da Rede PHI – Patrimônio Histórico + Cultural Ibero-americano , um grupo de atuação abrangente, ao qual a pesquisa proposta está vinculada.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
CLAUDIA PUZZUOLI DOS SANTOS COSTA Discente - Doutorado 02/03/2020 -
GUSTAVO MACHADO DE AZEVEDO Discente - Graduação 01/03/2020 -
LUIZ ANTONIO FERNANDES CARDOSO Docente 01/03/2019 -
NAIA ALBAN SUAREZ (Responsável) Docente 01/03/2019 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/03/2019  
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP BOLSA 01/03/2020  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Fotografia e Deposições: micropolíticas de emancipação
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: TEORÍA E CRÍTICA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2016 Data da Situação: 01/08/2016

Descrição: Pequisa que envolve análise crítica das imagens e subjetividades contemporâneas a partir das fotografias de Antoine D'Agata, Miguel Rio Branco e Michael Wolf e suas implicações e relações com as problematizações vistas nas metrópoles contemporâneas. Pesquisa vinculada ao grupo RETINA .INTERNACIONAL (Recherches Esthétiques & Théoriques sur les Images Nouvelles & Anciennes), coordenado pelo Prof. Dr. François Soulages, Université Paris 8 / Institut Nationald'Historie de l'Art. Iniciada a partir do VIII Colóquio Internacional Franco-Brasileiro de Estética: A Estética da Fotografia, Universidade Federal da Bahia, Universidade Estadual da Bahia e Université Paris 8.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
JOAQUIM ANTONIO RODRIGUES VIANA NETO (Responsável) Docente 01/08/2016 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Fotogrametria com ortorretificação de imagens aéreas e georreferenciamento das fortificações do Estado da Bahia
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA CONSERVAÇÃO E DO RESTAURO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2016 Data da Situação: 01/08/2016

Descrição: O Brasil abriga centenas de fortificações espalhadas pelo território nacional, muitas desaparecidas sem registro, e outras em via de desaparecimento, engolidas pelas cidades por sua expansão desenfreada, sem adequado planejamento, ou pela vegetação das matas. Em vista disto, um projeto para inventariar os fortes e obras militares do território brasileiro é imprescindível. É de extrema necessidade, todavia, em virtude da magnitude desta tarefa, fazer uma experiência piloto no Estado da Bahia, com deslocamento e logística menos complicada, para ajustarmos a metodologia de trabalho a ser usada em escala nacional. Como se não bastasse, alguns cadastros desapareceram, ou não foram adequadamente encaminhados aos órgãos competentes, e algumas fortificações, por ficarem em locais remotos e terem sido abandonadas desde que se tornaram obsoletas como construções defensivas, foram tomadas pela vegetação e esquecidas pela maior parte da população. Tais fortificações precisam ser resgatadas, pelo menos enquanto documentação, pois fazem parte da nossa memória e tiveram importância na defesa do nosso Estado, em épocas passadas. Por isso a importância de se realizar estudos e pesquisas que proporcionem a produção de tal inventário piloto, para o qual fomos incentivados pelo ICOFORT sociedade internacional da qual participamos

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
MÁRIO MENDONCA DE OLIVEIRA (Responsável) Docente 01/08/2016 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/08/2016 31/07/2017
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2016 31/07/2017

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Gênero, Cidade e Arquitetura: um olhar através das arquitetas formadas na FAUFBA
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2019 Data da Situação: 01/03/2019

Descrição: O presente projeto de pesquisa tem por objetivo refletir e discutir sobre questões ligadas à justiça social (Novas, 2014), tomando como objeto de estudo a contribuição na cidade de Salvador das arquitetas da FAUFBA formadas entre as décadas de 1930 e 1960. De forma mais específica nos interessa entender algumas questões relacionadas com: a ação profissional desenvolvida e a inserção (ou não) no campo laboral local, além de identificar limitantes, problemáticas e desigualdades encontradas por elas num meio dominado pelos profissionais masculinos. Embora nos últimos anos perceba-se um interesse e preocupação por trazer à tona a importância das mulheres no campo da arquitetura e do urbanismo, mostrando toda uma produção invisibilizada pela historiografia (Lima, 2013; Novas, 2014; Huapaya et al, 2018a e 2018b), ainda nota-se uma grande lacuna quando se trata de entender esses processos no caso baiano. Por outro lado, outro número significativo de pesquisas relevantes vem mostrando e ampliando a discussão sobre mulheres e cidades sempre vinculadas a assuntos de gênero (Risério, 2015; Muxí Martínez, 2018). De forma geral, esses trabalhos permitem-nos compreender que o rol da mulher profissional não só vem sendo negligenciado, mas, o que é pior, vem problematizando como a cidade e a arquitetura também serviram como formas de segregação entre mulheres e homens. Para Novas (2014) o urbanismo moderno, por exemplo, estava vinculado a um uso da cidade não só racional (como bem é sabido), mas, pensado especificamente para a locomoção e serviço dos homens em um contexto social onde a mulher permanecia em casa cuidando dos filhos; nesse sentido, suas atividades cotidianas estariam restritas ao "habitar" e não ao "trabalhar" (fora de casa), circular (na cidade) e, nem mesmo, ao "lazer" De fato, este olhar encontra diversos pontos em comum ao analisarmos algumas referências produzidas no âmbito nacional, como é o caso de Del Priori (2004) e, mais recentemente Brito et al (2017).

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
JAIANE DAMASCENO ELOY Discente - Graduação 01/03/2019 -
JOSE CARLOS HUAPAYA ESPINOZA (Responsável) Docente 01/03/2019 -
TELMI ADAME Discente - Mestrado 01/03/2019 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/03/2019  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: GUIA 1 DA ARQUITETURA MODERNA EM SALVADOR [ANOS 30/60]
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/01/1997 Data da Situação: 01/01/1997

Descrição: Guia da Arquitetura Moderna em Salvador [Anos 30/60].

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANA CAROLINA DE SOUZA BIERRENBACH (Responsável) Docente 01/01/2012 -
JULIANA CARDOSO NERY Docente 01/07/2018 -
LUIZ ANTONIO FERNANDES CARDOSO Docente 01/06/2012 -
MARCIO COTRIM CUNHA Docente 01/08/2019 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: HISTÓRIA DA ARQUITETURA HOSPITALAR EM SALVADOR
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: LINGUAGEM, INFORMAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO [CONSERVAÇÃO E RESTAURO]
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2019 Data da Situação: 01/03/2019

Descrição: O objetivo principal desta pesquisa é a coleta, tratamento, sistematização e divulgação das informações relativas à história da arquitetura hospitalar na cidade de Salvador. Para tanto realizará extensa pesquisa bibliográfica, inclusive em fontes primárias da época, como revistas e livros, além de promover o levantamento de fotos, desenhos e documentos relativos ao tema, buscando compor um acervo que permitirá a elaboração de diversos estudos posteriores. Pretende-se, ainda, realizar visitas aos hospitais de maior importância histórica da cidade a fim de constatar como se processou a adaptação de seus espaços interiores e fachadas. A organização deste material será tarefa essencial para a sua compreensão e disponibilização para futuros pesquisadores, o que se pretende realizar pela elaboração de artigos e colocação do material levantado em página na internet.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ALICE MARQUES DE OLIVEIRA NUNES Discente - Graduação 01/08/2019 -
ANTONIO PEDRO ALVES DE CARVALHO (Responsável) Docente 01/03/2019 -
LARISSA SCARANO PEREIRA MATOS DA SILVA Discente - Doutorado 01/03/2019 -
LUCIANNE FIALHO BATISTA Discente - Doutorado 01/03/2019 -
MARIANA BARBOSA SODRE Discente - Mestrado 01/03/2019 -
PATRICIA MARINS FARIAS Discente - Doutorado 01/03/2019 -
RAISSA CONEGUNDES SILVA MATTOS Discente - Graduação 01/08/2019 -
ROSANA SANTANA DOS REIS Discente - Doutorado 01/03/2019 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/03/2019  
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/08/2019  
FUNDACAO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DA BAHIA BOLSA 01/08/2019  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: História da Ciência da Conservação e da Restauração no Brasil
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA CONSERVAÇÃO E DO RESTAURO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2017 Data da Situação: 01/08/2017

Descrição: A pesquisa documental para construção de uma história da ciência da conservação e da restauração de arquitetura no Brasil deve recorrer às fontes primárias de informação contidas nos arquivos do NTPR, como projetos de pesquisa, projetos de restauração arquitetônica, especificações técnicas de conservação e restauro, relatórios de experimentos e obras, fotografias e, principalmente, correspondências oficiais e extra-oficiais entre os pesquisadores deste laboratório, os técnicos/dirigentes dos órgãos brasileiros (IPHAN, FNPM, MinC, etc) e internacionais (ICOMOS, ICCROM, etc) aos quais compete à preservação do patrimônio cultural e pesquisadores de universidades estrangeiras que tenham celebrado qualquer vínculo, seja institucional ou informal, com as atividades em desenvolvimento no NTPR-UFBA.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
MÁRIO MENDONCA DE OLIVEIRA (Responsável) Docente 01/08/2017 -
RENATA LUCENA GRIBEL Discente - Doutorado 01/08/2017 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP BOLSA 01/08/2017  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: História Intelectual SHCU 30 anos [Atualização Crítica]
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2019 Data da Situação: 01/03/2019

Descrição: A pesquisa “Historia Intelectual do SHCU” tem como objetivo produzir um arquivo heterogêneo de documentos (escritos, imagéticos e orais) sobre os dois primeiros seminários – o Seminário de História Urbana de 1990 e o Seminário de História da Cidade e do Urbanismo de 1993 – para investigar tanto as trocas disciplinares (teorias, conceitos ) quanto as relações institucionais (núcleos, Programas de Pós-Graduação e Seminários) que fomentaram esses importantes encontros e redirecionaram um conjunto significativo de pesquisas no campo da arquitetura, do urbanismo e da cidade.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ALYSSA VOLPINI LUSTOSA Discente - Graduação 01/03/2019 -
DILTON LOPES DE ALMEIDA JUNIOR Discente - Doutorado 01/03/2019 -
PAOLA BERENSTEIN JACQUES Docente 01/03/2019 -
RAMON MARTINS DA SILVA Discente - Doutorado 01/03/2019 -
WASHINGTON LUIS LIMA DRUMMOND (Responsável) Participante Externo 01/03/2019 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Imaginários e visibilidades: práticas urbanas em fotografias soteropolitanas (1940-1970)
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 02/03/2017 Data da Situação: 02/03/2017

Descrição: Este projeto propõe pesquisar imagens presentes no arquivo de Aracy Esteve Gomes e José Esteve, em busca daquelas que entendemos como questionadoras de um determinado modelo hegemônico de narração da história da cidade como espaço moderno da ordem, da eficiência e do funcionalismo. Em que medida essas imagens disparariam modos de pensar que nos possibilitariam explorar dimensões narrativas da cidade, talvez pouco presentes em historiografias urbanísticas de Salvador e da Bahia? Nesse projeto, vamos tomar, portanto, fotografias deste arquivo como nosso ponto de partida. Elas serão nosso “lugar de problematização” num campo de estudos expandido que se dedica a discutir espaço, sociedade e cultura, na perspectiva da história da cidade e do urbanismo; mas com implicações também para o campo da fotografia, das artes visuais e do imaginário. Procuraremos por aquelas imagens que desestabilizam uma determinada tradição urbanística dominante baseada em valores urbanísticos modernos. Nossa hipótese é a de que essas imagens podem fazer emergir modos de compreensão e produção de cidade e de sua história muitas vezes desconhecidos porque recalcados por um discurso visual ou urbanístico modernos predominantes. Esses outros modos acessados pela produção fotográfica são igualmente constitutivos da malha da urbanidade, ainda que invisíveis na historiografia urbana, e, ao emergirem hoje segundo a natureza fantasmática que caracteriza o visível, podem promover reconfigurações no nosso modo de produção e compreensão da cidade.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ADELE SA MARTINS BELITARDO DE CARVALHO Discente - Graduação 02/03/2017 -
CICERO MENEZES DA SILVA Discente - Doutorado 25/04/2017 -
JANAINA CHAVIER SILVA Discente - Doutorado 02/03/2017 -
JUNIA CAMBRAIA MORTIMER (Responsável) Docente 01/07/2018 -
WASHINGTON LUIS LIMA DRUMMOND Participante Externo 02/03/2017 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 02/03/2017  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 02/03/2017  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Implantação de Rede de Assistência Técnica: Projetos em Habitação e Direito à Cidade
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 02/03/2015 Data da Situação: 02/03/2015

Descrição: No ambiente urbano das cidades brasileiras, altamente segregado e com grandes deficiências, as comunidades de baixa renda estão mais vulneráveis, geralmente excluídas dos atributos necessários a uma moradia digna. Essa entendida não apenas pela adequação da unidade habitacional, mas sobretudo pela sua inserção urbana, que possibilite mobilidade apropriada, acesso a espaços públicos, garantia de áreas verdes e preservação ambiental, segurança física e social, enfim qualidades necessárias a um bom viver individual e coletivo. As experiências de enfrentamento adequado dessa ampla problemática ainda são escassas e os registros estão dispersos no tempo e espaço. A pesquisa em curso tem como objetivo sistematizar informações disponíveis dessas referencias, de forma a criar as bases metodológicas necessárias para a implantação de uma rede de pesquisas sobre projetos de referência em habitação e direito à cidade, na perspectiva de construção de um acervo interativo de apoio a propostas de assistência técnica nessa área de atuação. As referências pesquisadas abrangem, além de registros de bibliografia temática e de instituições atuantes, as experiências projetuais de intervenções físicas ou socioespaciais, na área de arquitetura, urbanismo e afins, que interfiram positivamente, direta ou indiretamente, no ambiente onde se vive, de forma ecologicamente sustentável, economicamente viável, culturalmente aderente e socialmente agregadora, empreendias por auto/co-gestão e de forma participativa, com potencial de alcançar as parcelas da sociedade que historicamente estão excluídas dos benefícios urbanos do mundo contemporâneo.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANGELA MARIA GORDILHO SOUZA (Responsável) Docente 02/03/2015 -
DANIEL MAROSTEGAN E CARNEIRO Discente - Doutorado 17/06/2016 -
ELENALDO TORRES DO NASCIMENTO Discente - Graduação 01/04/2019 -
ELISABETTA ROMANO JALES Participante Externo 22/10/2016 -
ELISAMARA DE OLIVEIRA EMILIANO Pós-Doc 16/11/2016 -
GUILHERME LANDIM AMORIM DE MENEZES Discente - Graduação 01/04/2019 -
HELIANA FARIA METTIG ROCHA Participante Externo 03/10/2017 -
ISIS PITANGA DE SOUSA Discente - Graduação 01/04/2019 -
JOAO MAURICIO SANTANA RAMOS Discente - Doutorado 21/10/2016 -
LIZA MARIA SOUZA DE ANDRADE Participante Externo 06/11/2016 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/04/2019  
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP BOLSA 16/11/2016  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2016 31/07/2017

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Intercâmbio de experiências em Práticas Audiovisuais e disputas narrativas em torno do Direito à Cidade: aproximações entre Salvador -Brasil, Lagos – Nigéria e Londres – UK
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: PROJETO INTERINSTITUCIONAL Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2020 Data da Situação: 01/03/2020

Descrição: A Missão aqui apresentada, é decorrente da parceria internacional existente desde 2016 entre a Faculdade de Arquitetura da UFBA (FAUFBA) e a The Bartlett Development Planning Unit (DPU) da University College London (UCL), e visa incrementar essa cooperação internacional já estabelecida, em direção à ampliação de uma agenda de projetos e pesquisas referente à temática das relações entre cidadania, cultura, e poder na disputa e promoção do Direito à Cidade em Salvador (Brasil), Londres (Reino Unido) e Lagos (Nigéria). Isto posto, a missão a ser realizada em Lagos (Nigéria), é uma importante etapa desse movimento de internacionalização da Universidade Federal da Bahia e responde à continuação da relação estabelecida entre Brasil e Reino Unido (que também integrará a missão), além de inaugurar a articulação com a Nigéria, através do Intercâmbio de experiências em Práticas Audiovisuais e disputas narrativas em torno do Direito à Cidade, na qual estão envolvidas além das instituições citadas, a organização Justice & Empowerement Initiatives e a Informal Settlement Federation, ambas sediadas em Lagos. Inserida no tema 3 do projeto da UFBA CAPES/PRINT, “Cidade, História, Cultura e Poder”, a proposta mobiliza questões referentes às dimensões históricas e culturais que balizam a produção das cidades nos três contextos (Brasil, Reino Unido e Nigéria), e ao modo como as dinâmicas urbanas e imobiliárias, em suas distintas relações de poder, afetam diretamente o acesso ao direito à cidade, sobretudo da população mais vulnerável socioeconomicamente. Mais do que o direito o acesso individual ou grupal aos recursos que a cidade incorpora, o direito à cidade é o direito de mudar e reinventar a cidade (Harvey, 2014). A proposta visa então articular a demanda em torno da pauta do direito à cidade com o potencial uso tecnológico do audiovisual no contexto da sociedade midiatizada - na qual a produção e compartilhamento de conteúdos digitais faz parte da vida cotidiana de diferentes sujeitos em diversos contextos nacionais e globais -, entendendo-o enquanto ferramenta documental, instrumento de denúncia e plataforma imaginativa, politicamente ancorado em práticas democráticas e arranjos de corresponsabilidade. Esta proposta das práticas em audiovisual como articuladoras das questões do direito à cidade entre os três países, surge como desdobramento do projeto de ação-aprendizagem ocorrido entre 2016 e 2019 em Londres e Salvador, que teve como objetivo criar condições para construção de um conhecimento compartilhado, através de trabalho conjunto entre acadêmicos e sociedade civil das duas cidades. Os movimentos sociais, grupos e coletivos urbanos que integram essa experiência em Salvador são: Associação de Moradores do Centro Histórico, Espaço Cultural Acervo da Laje, Associação de Moradores e Amigos de Gegê da Gamboa de Baixo, Ocupação Guerreira Maria/MSTB, Projeto Arte Consciente, Associação de Moradores de Nordeste de Amaralina e Paróquia Santo André, Ocupação Luisa Mahin/MLB. Em Londres, estiveram envolvidos Just Space, Citizen Uk, Fórum de Comerciantes de Elephant and Castle, Coletivo de mães de Stratford, Biblioteca Comunitária de Deptford além de movimentos e ativistas sociais. A aprendizagem situada, experienciada tanto em Londres quanto em Salvador, tem permitido construir reflexões que abarcam as cidades em suas complexidades, nos diversos interesses que as atravessam, entendimentos, agenciamentos e direitos, que se apresentam como significativos desafios para quem pretende atuar em sua produção (FERNANDES, FREDIANI, 2019). Ao mesmo tempo, as reivindicações pelo Direito à Cidade podem assim ser problematizadas para além de um contexto puramente local, mas apontam em direção a um horizonte mais amplo de entendimento, urbano, metropolitano e global. Percebe-se que as pautas, reivindicação e práticas mobilizadas pelos movimentos sociais, grupos e coletivos urbanos citados, comumente escapam ao entendimento pela sociedade civil e pela opinião pública. De maneira geral, a mídia tem um papel bem relevante nas narrativas de criminalização e marginalização produzidas sobre as lutas em curso pelo Direito à Cidade, promovendo uma visibilidade sobre tais grupos quase sempre parcial, distorcida, injusta e equivocada. Como resposta, foram sendo criadas distintas ações e arranjos em conjunto com os grupos e movimentos sociais envolvidos no projeto de ação-aprendizagem, visando disputar o imaginário vigente, a narratividade e o regime de visibilidade hegemônico, que condiciona os movimentos sociais à ilegalidade, reproduzindo injustiças históricas e que permanecem nas condições atuais da urbanidade neoliberal e excludente. Em 2017, no âmbito da colaboração Lugar Comum e DPU, foi realizado um projeto em torno do tema Direito à Cidade simultaneamente em Londres e Salvador, que resultou em uma exposição na Faculdade de Arquitetura da UFBA - a partir de conteúdos produzidos através de entrevistas com as lideranças sobre as lutas específicas, e reunindo fotografias representativas para as pautas, visando tornar pública algumas dimensões dos processos e disputas em curso. Também em 2017 foi criada a disciplina extencioinista ACCS Adudiovisual e Direito à Cidade (COMB 049), proposta por professores do Grupo de Pesquisa Lugar Comum (FAUFBA) e do LabAV (FACOM), em conjunto com os grupos, movimentos e organizações da sociedade civil, para, de forma sistemática, realizar experimentações formativas articuladas entre o audiovisual e o direito à cidade a partir das práticas de resistência e criação ativadas pelas disputas narrativas. Neste sentido, o audiovisual é entendido como um "instrumento para ação coletiva", pensado a partir de metodologias de colaboração que reúnem estudantes, professores, lideranças, moradores de bairros populares, ocupações de movimentos de moradias, espaços culturais nas periferias, escolas comunitárias, etc. Essas ações – que envolvem uma aproximação aos fundamentos da realização audiovisual, estratégias de elaboração de roteiros e story board, captura de imagens e sons, edição e exibição - contribuem para o fortalecimento das conexões, apuração das reivindicações em relação ao seu direito de existir e de viver na cidade, além de um efeito amplificador na visibilidade e força de cada associação, coletivo e movimento. As pautas pelo direito à cidade podem ser agrupada em: habitação/permanência, infraestrutura/mobilidade, cultura/memória, equipamentos sociais e espaços coletivos.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
Alexandre Apsan Frediani Participante Externo 01/03/2020 -
GABRIELA LEANDRO PEREIRA (Responsável) Docente 01/03/2020 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 01/03/2020  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: INTRODUÇÃO À ARQUITETURA DE ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: TEORÍA E CRÍTICA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: EXTENSÃO Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2013 Data da Situação: 01/03/2013

Descrição: urso de 40 horas para graduados em arquitetura.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANTONIO PEDRO ALVES DE CARVALHO (Responsável) Docente 01/03/2013 -

Financiadores

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Inventário das antigas fortificações encontradas no Estado da Bahia
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA CONSERVAÇÃO E DO RESTAURO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2017 Data da Situação: 01/08/2017

Descrição: O Brasil abriga centenas de fortificações espalhadas pelo território nacional, muitas desaparecidas sem registro, e outras em via de desaparecimento, engolidas pelas cidades por sua expansão desenfreada, sem adequado planejamento, ou pela vegetação das matas. Em vista disto, um projeto para inventariar os fortes e obras militares do território brasileiro é imprescindível. É de extrema necessidade, todavia, em virtude da magnitude desta tarefa, fazer uma experiência piloto no Estado da Bahia, com deslocamento e logística menos complicada, para ajustarmos a metodologia de trabalho a ser usada em escala nacional. Alguns levantamentos preliminares foram feitos ao longo dos anos por entidades variadas em diversas fortificações, porém os métodos e equipamentos de cadastramento foram muito modernizados ao longo dos anos, de modo que feitos com novos equipamentos, são muito mais precisos. Não há, ainda, na Bahia, um levantamento georreferenciado das fortificações, nem com fotografias digitais tiradas do alto, nem tampouco com fotogrametria digital corrigida. Além disso, ao longo dos anos, muitas das fortificações sofreram intervenções diversas, ou foram abandonadas e entraram em processo de degradação, e os eventuais cadastros existentes precisam ser atualizados. Como se não bastasse, alguns cadastros desapareceram, ou não foram adequadamente encaminhados aos órgãos competentes, e algumas fortificações, por ficarem em locais remotos e terem sido abandonadas desde que se tornaram obsoletas como construções defensivas, foram tomadas pela vegetação e esquecidas pela maior parte da população. Tais fortificações precisam ser resgatadas, pelo menos enquanto documentação, pois fazem parte da nossa memória e tiveram importância na defesa do nosso Estado, em épocas passadas. Por isso a importância de se realizar estudos e pesquisas que proporcionem a produção de tal inventário piloto, para o qual fomos incentivados pelo ICOFORT sociedade internacional da qual participamos.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
CIBELE DE MATTOS MENDES Participante Externo 01/08/2017 -
JANAINNA SANTOS ARAUJO DIAS Discente - Graduação 01/08/2017 -
MARIA ANGELICA REIS SCHIANTA Discente - Mestrado 01/08/2017 -
MÁRIO MENDONCA DE OLIVEIRA (Responsável) Docente 01/08/2017 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP BOLSA 01/08/2017  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2017  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: INVENTÁRIO DE ARQUITETURA E URBANISMO MODERNOS NA BAHIA
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/01/2006 Data da Situação: 01/01/2006

Descrição: A presente pesquisa consiste na identificação, fichamento e análise de produção arquitetônica e urbanística moderna relevante no estado da Bahia. Trata-se de dar continuidade a levantamentos já desenvolvidos pelo Núcleo DOCOMOMO da UFBA entre 1994-2000. Como referência metodológica, portanto, foi adotada a orientação para inventário de arquitetura e urbanismo desenvolvida pelo grupo DOCOMOMO Internacional. Este material, após ser devidamente organizado e analisado, servirá de bas a um banco de dados a ser disponibilizado em mídia eletrônica ao público em geral.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANA CAROLINA DE SOUZA BIERRENBACH (Responsável) Docente 01/01/2012 -
ANNA BEATRIZ AYROZA GALVAO Participante Externo 01/01/2012 -
ANTONIO NELSON DANTAS FONTES Participante Externo 01/01/2012 -
BRENDA CALDAS DOS SANTOS Discente - Graduação 02/04/2018 -
CALENA SANTANA TRINDADE Discente - Graduação 02/04/2018 -
JULIANA CARDOSO NERY Docente 01/07/2018 -
LEANDRO SANTANA TORQUATO Discente - Graduação 02/04/2018 -
ROBERTA CEZAR DE ALMEIDA SANTOS Discente - Graduação 02/04/2018 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 02/04/2018  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: INVENTÁRIO DO PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO E URBANO DA MODERNIZAÇÃO SOTEROPOLITANA
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/01/2012 Data da Situação: 01/01/2012

Descrição: Documentação, divulgação e proteção do patrimônio arquitetônico moderno soteropolitano. Alimentação do arquivo com novos documentos. Realização de Fichas Mínimas que são disponibilizadas no site do DOCOMOMO-Bahia. Realização de artigos histórico-críticos sobre a arquitetura moderna em Salvador.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ANA CAROLINA DE SOUZA BIERRENBACH (Responsável) Docente 01/01/2012 -
CALENA SANTANA TRINDADE Discente - Graduação 01/08/2019 -
JOAQUIM DA SILVA NUNES JUNIOR Discente - Mestrado 02/04/2018 -
MARIANA SANTOS DE OLIVEIRA Discente - Graduação 01/06/2017 -
ROBERTA CEZAR DE ALMEIDA SANTOS Discente - Graduação 01/08/2019 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/06/2017  
FUNDACAO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DA BAHIA BOLSA 01/08/2019  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/06/2017 30/06/2018

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Inventário e análise crítica da arquitetura e do urbanismo da UFBA (1a etapa)
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/01/2014 Data da Situação: 01/01/2014

Descrição: Este projeto de pesquisa tem como objetivo resgatar a memória dos processos de constituição física da UFBA, através do levantamento e da análise crítica dos planos urbanísticos de seus campi universitários e da arquitetura de suas edificações, que representam o legado material da própria história da instituição. Nesta primeira etapa, o projeto de pesquisa se concentrará no levantamento e análise das instalações da UFBA localizadas no município de Salvador. Em um primeiro momento, se procederá ao levantamento da documentação histórica relativa aos planos urbanísticos dos campi universitários da UFBA, executados ou não, e aos projetos das edificações universitárias, construídas ou não. Esta documentação se encontra nos arquivos da Superintendência de Meio Ambiente e Infraestrutura (SUMAI) da UFBA e corresponde a cerca de 7.000 plantas técnicas com formatos variando entre A3 e A0, 600 fotografias e 800 documentos textuais. Os documentos levantados serão hierarquizados por sua importância enquanto registro da memória institucional, sendo priorizados aqueles relativos aos projetos arquitetônicos e planos urbanísticos, em detrimento daqueles relativos aos projetos complementares (estrutura, instalações prediais, etc.). Após a hierarquização dos documentos, serão digitalizados 3.400 plantas, 400 fotografias e 400 documentos textuais. Paralelamente ao levantamento documental e à digitalização, será realizado um levantamento fotográfico da situação atual dos edifícios e campi universitários da UFBA em Salvador, para cotejamento com a documentação histórica levantada, bem como entrevistas com personagens que tenham participado ativamente dos processos de constituição física e configuração espacial da UFBA, como ex Reitores e ex Prefeitos de Campus, arquitetos e engenheiros do quadro técnico da UFBA, dentre outros. Em seguida, a equipe de pesquisadores responsável pelo projeto analisará o material levantado, elaborando um relatório que reconstitui criticamente os processos de configuração e transformações espaciais da UFBA. Este relatório poderá ser posteriormente publicado na íntegra no formato de livro ou de site e versões resumidas do resultado final ou de resultados parciais da pesquisa serão submetidas para publicação em periódicos acadêmicos e para apresentação em eventos científicos da área de história e crítica da arquitetura e do urbanismo realizados no Brasil. Este projeto tem como modelo a pesquisa Cidades universitárias: patrimônio arquitetônico e urbanístico da USP , que resultou na publicação homônima, editada pela EDUSP em 2005 e que reconstitui o processo de constituição dos campi da USP em São Paulo e outras cidades paulistas (CPC-USP, 2005). Inventários análogos vêm sendo realizados por outras instituições de ensino superior, como a Universidade Federal do Ceará (JUCÁ NETO et alii, 2011; RODRIGUES et alii, 2013) É preciso ressaltar que os campi e edificações da UFBA possuem valores históricos, arquitetônicos e urbanísticos que ultrapassam os limites institucionais, sendo, em muitos casos, peças fundamentais para o entendimento da arquitetura e do urbanismo baiano e brasileiro. Edifícios como os da Faculdade de Arquitetura (1963-1971), da Escola Politécnica (1955-1960) e da Faculdade de Direito (1957), por exemplo, estão entre os mais importantes exemplares da arquitetura moderna na Bahia, sendo que o projeto da última foi resultado de concurso público nacional de arquitetura vencido por um jovem arquiteto mineiro, Décio Machado.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
JULIANA CARDOSO NERY Docente 01/07/2018 -
NIVALDO VIEIRA DE ANDRADE JUNIOR (Responsável) Docente 06/06/2014 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/01/2014  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Investigação no NTPR - 2015-2020
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA CONSERVAÇÃO E DO RESTAURO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 04/12/2015 Data da Situação: 04/12/2015

Descrição: O projeto apresenta o conjunto de investigações pretendidas pelo NTPR. Nele estão especificados os objetivos, os meios e a viabilidade para levar avante os seguintes estudos: Estudo do comportamento mecânico e dinâmico de muros antigos; Aperfeiçoamento de técnica de uso de tirantes metálicos na estabilização de muros e abóbadas; Estudo de argamassas antigas para aplicação no restauro de monumentos; Estabilização de solo com “manipueira” da mandioca. Além destes estudos específicos, sob a responsabilidade direta do laboratório, estarão sendo desenvolvidas cinco teses de doutorado e duas de mestrado com o apoio da nossa infraestrutura laboratorial e dos componentes do Grupo de Pesquisa NTPR, no papel de orientadores e/ou consultores, ou mesmo apoiando ensaios e análises de materiais e de estruturas.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ALLARD MONTEIRO DO AMARAL Participante Externo 04/12/2015 -
ANA CRISTIAN ALVES DE MAGALHAES Egresso - Doutorado 01/12/2018 -
CYBELE CELESTINO SANTIAGO Participante Externo 01/03/2018 -
ELIANA URSINE DA CUNHA MELLO Discente - Doutorado 06/10/2016 -
MANUELLA ARAUJO DE SOUZA Egresso - Doutorado 15/08/2017 -
MARIA ANGELICA REIS SCHIANTA Discente - Mestrado 08/05/2017 -
MÁRIO MENDONCA DE OLIVEIRA (Responsável) Docente 04/12/2015 -
RENATA LUCENA GRIBEL Discente - Doutorado 04/12/2015 -
SILVIA PIMENTA D AFFONSECA Participante Externo 04/12/2015 -
TULIO VASCONCELOS CORDEIRO DE ALMEIDA Egresso - Doutorado 03/03/2016 -
VERONICA LEITE Egresso - Doutorado 13/11/2018 -
YAN GRACO DANTAS CAFEZEIRO Egresso - Mestrado 23/08/2016 01/03/2020

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 04/12/2015  
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/08/2018  
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 04/12/2015  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Investigação Tecnológica de Materiais de Construção utilizados no Patrimônio Arquitetônico
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA CONSERVAÇÃO E DO RESTAURO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/08/2017 Data da Situação: 01/08/2017

Descrição: Continuação das pesquisas que estão sendo desenvolvidas no Núcleo de Tecnologia da Preservação e da Restauração (NTPR) desde julho de 2016, que envolvem a documentação e caracterização dos exemplares da Arquitetura do Ferro, empregados na construção de edificações soteropolitanas entre os anos de 1808 e 1939; o bolsista acompanhará ainda o estudo das argamassas de cal, mais especificamente a cal biológica, bem como daquelas aditivadas com açúcar, analisando o comportamento mecânico da mesma. Para tanto, o bolsista, deverá: a) realizar levantamento bibliográfico; b) visitar edificações históricas dotadas dos citados artefatos siderúrgicos para realização de levantamentos e coletas de amostras; e) levantar e restituir esses artefatos através de desenhos bidimensionais; d) realizar caracterização física, química e mineralógica das amostras recolhidas; e) sintetizar e analisar os dados coletados e as informações obtidas na pesquisa. Também serão realizados procedimentos laboratoriais, utilizando equipamentos específicos para cada etapa necessária, dispostas da seguinte forma: a) Levantamento teórico e pesquisa bibliográfica; b) Coleta de dados e realização de Ensaios, sendo eles: calcinação do carbonato de estrôncio, obtenção de cal a partir do coral e conchas, hidratação das cais, adição de aditivos e moldagem dos corpos; c) Tabulação e análise dos resultados obtidos.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
LETICIA ESTRELA VELAME CRUZ Discente - Graduação 01/08/2017 -
MÁRIO MENDONCA DE OLIVEIRA (Responsável) Docente 01/08/2017 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2017  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Jardins públicos de Salvador: um estudo sobre os jardins históricos de interesse patrimonial
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 18/02/2019 Data da Situação: 18/02/2019

Descrição: O projeto de pesquisa propõe analisar os jardins públicos construídos entre o final do século XIX e a primeira metade do século XX, em particular as praças ajardinadas, na cidade de Salvador. Busca-se inventariá-los reunindo levantamentos documentais e cotejamentos com sua situação atual, com vistas à sua caracterização como jardins históricos de interesse patrimonial, considerando a escassez de trabalhos sobre o paisagismo local especificamente em relação à história dos jardins e sua preservação cultural. Prevê levantamentos de fontes primárias, escritas, iconográficas e cartográficas e de fontes secundárias nos acervos locais; revisão bibliográfica; visitas de campo; verificações in loco e registros fotográficos das praças; identificação da vegetação das praças ancorada em perspectiva multidisciplinar; e a análise das praças selecionadas na amostra a partir das variáveis definidas com base nas cartas patrimoniais, em particular a Carta de Florença, e textos de especialistas. O projeto visa ressaltar a importância histórica, paisagística e recreativa das praças ajardinadas de Salvador bem como estimular a integração entre as atividades de pesquisa e de ensino em Arquitetura e Urbanismo na UFBA.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
ALINE DE FIGUEIROA SILVA (Responsável) Docente 18/02/2019 -
JOELMIR MARQUES DA SILVA Participante Externo 18/02/2019 -
RAILANE ALVES FREITAS Discente - Graduação 18/02/2019 -
RAMILE ALVES FREITAS Discente - Graduação 18/02/2019 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/08/2019  
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 18/02/2019  
FUNDACAO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DA BAHIA BOLSA 01/08/2019  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 01/08/2019  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Levantamento cadastral e diagnóstico - Real Forte Príncipe da Beira –RO/BR
Área de Concentração: CONSERVACAO E RESTAURO Linha de Pesquisa: CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA CONSERVAÇÃO E DO RESTAURO
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 02/12/2019 Data da Situação: 02/12/2019

Descrição: Este projeto é resultado de longas reuniões entre técnicos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e do Núcleo de Tecnologia da Preservação e da Restauração – NTPR (UFBA) e objetiva a elaboração de documentação técnica para a conservação e manutenção do Real Forte Príncipe da Beira, na Cidade de Costa Marques, no estado de Rondônia. Fazem parte do escopo do projeto as seguintes estruturas: Obras externas do sistema de defesa; Muralha; Poterna e latrinas; Sistema hidráulico; Edificações internas; Porta principal, trânsito superior, trânsito inferior, corpo da guarda, casa do comandante, calabouço e “prisão distinta”; Escadas laterais; Ponte de acesso; Paiol; e Forno. O projeto contempla os seguintes produtos: a) Identificação e conhecimento do bem (Pesquisa Histórica; Levantamento sobre legislações e normas; Levantamento, digitalização e consolidação das informações relativas aos projetos/proposta; Levantamento da infraestrutura de captação e distribuição de água, esgoto, energia elétrica e de acesso disponíveis no local; Análise estética; Análise construtiva; Elaboração de levantamento cadastral; Modelo digital tridimensional); b) Execução de testes laboratoriais e/ou em campo para a caracterização dos materiais, dos sistemas e das técnicas construtivas, bem como dos danos e dos agentes e das causas patológicas encontradas; c) Mapeamento de danos; d) Elaboração de diagnóstico; e) Prognóstico.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
BEATRIZ CALDEIRA FROES Discente - Graduação 02/12/2019 -
ELIAS JOSE DE ALMEIDA MACHADO Discente - Doutorado 02/12/2019 -
FRANCISCO DE ASSIS SALGADO DE SANTANA Participante Externo 02/12/2019 -
GABRIEL ALMEIDA DE SOUZA Discente - Graduação 02/12/2019 -
GABRIELA OLIVEIRA DANTAS Discente - Graduação 02/12/2019 -
LARISSA CORREA ACATAUASSU NUNES SANTOS Participante Externo 02/12/2019 -
LETICIA SANTOS FERREIRA FROIS Discente - Graduação 02/12/2019 -
LUCAS ALVES RIBEIRO Discente - Mestrado 02/03/2020 -
MÁRIO MENDONCA DE OLIVEIRA (Responsável) Docente 02/12/2019 -
ROSANA MUNOZ Docente 02/12/2019 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
INSTITUTO DO PATRIMONIO HISTORICO E ARTISTICO NACIONAL BOLSA 02/12/2019  
INSTITUTO DO PATRIMONIO HISTORICO E ARTISTICO NACIONAL OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 02/12/2019  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Metrópoles no século XXI: transformações urbanas e dinâmica metropolitana em Salvador
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: LINGUAGEM, INFORMAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO [URBANISMO]
Natureza do Projeto: PESQUISA Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 01/03/2016 Data da Situação: 01/03/2016

Descrição: ste projeto se propõe a analisar as transformações econômicas, sociais e urbanas que marcaram as metrópoles brasileiras na primeira década deste novo milênio e partir disto descrever as possibilidades de evolução metropolitana, a partir do estudo de caso da Região Metropolitana de Salvador e tendo como referência situações comparáveis no Brasil e em países ibero-americanos, suas problemáticas e processos de intervenções bem sucedidos na qualificação urbana sustentável e inclusiva. O projeto pretende também desenvolver e utilizar metodologias de análise que, a partir dessa contextualização permitam identificar e mensurar em termos empíricos e analíticos, na metrópole de Salvador e na realidade brasileira mais ampla.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
GILBERTO CORSO PEREIRA (Responsável) Docente 01/03/2016 -
MARIA DAS GRACAS BORJA GONDIM DOS SANTOS PEREIRA Egresso - Doutorado 28/11/2017 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO BOLSA 01/03/2016  

Produções Intelectuais Associadas

Projeto de Pesquisa
Nome: Missão CAPES Print - UFBA 2019 á África - Nigéria. Subprojeto CIDADES DIASPÓRICAS NO ATLÂNTICO NEGRO - Missão CAPES Print - UFBA 2019 á África - Nigéria. Subprojeto
Área de Concentração: URBANISMO Linha de Pesquisa: PROCESSOS URBANOS CONTEMPORÂNEOS
Natureza do Projeto: EXTENSÃO Situação do Projeto: EM ANDAMENTO
Data de Início: 05/01/2020 Data da Situação: 05/01/2020

Descrição: articipação na organização e conferencista do Simpósio África no Brasil no Centro de Estudos Afro-brasileiros da Universidade do Estado de Lagos na Nigéria - LASUCAS. Visitas Técnico-Acadêmicas as Cidades Histórias Iorubás de Ilê Ifé, Oyó, Oxubo, Ibadan, Ijebo, e Lagos.

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
BARBARA GUIMARAES VITORINO Discente - Mestrado 05/01/2020 -
FABIO MACEDO VELAME (Responsável) Docente 05/01/2020 -
GABRIELA SANTIAGO XAVIER Discente - Graduação 05/01/2020 -
JOSANE DOS SANTOS OLIVEIRA Discente - Mestrado 05/01/2020 -
JUSCAR DOMINGOS NANCASSA Discente - Graduação 05/01/2020 -
SONIA MENDES REIS NASCIMENTO SILVA Discente - Mestrado 05/01/2020 -
VILMA PATRICIA SANTANA SILVA Discente - Mestrado 05/01/2020 -

Financiadores

Nome Natureza do Financiamento Início Fim
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP OUTRO AUXÍLIO FINANCEIRO 05/01/2020  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 05/01/2020  
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BOLSA 05/01/2020